Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol Internacional

Marcus Rashford revela inspirao em Fenmeno

14 de Novembro, 2017

Rashford foi elogiado por Ronaldo na vspera da Euro 2016

Fotografia: AFP

O facto de ver o ex-atacante da selecção brasileira, Ronaldo, marcar três golos para o Real Madrid no jogo com o Manchester United, para a Liga dos Campeões aos 14 anos, foi a fonte de inspiração para Marcus Rashford, revelou ontem o atacante da selecção da Inglaterra.
Em declarações hoje antes do amistoso da selecção inglesa com o Brasil em Wemble, Rashford contou que era um espectador de 5 anos de idade, no estádio Old Trafford, quando o Real derrotou o United pelo placar agregado de 6-5, nos quartos de final.
Depois do jogo, ele e seu irmão, Dwaine, começaram a procurar vídeos do jogador brasileiro no YouTube.
\"São todos aqueles vídeos... e o primeiro jogo que assisti ao vivo, ele estava a jogar. Sempre me lembro do jogo. Foi em 2003, e ele marcou três golos\", disse Rashford, que marcou sete golos para o United em todas as competições nesta temporada, à comunicação social  britânica. Rashford foi elogiado por ­Ronaldo na véspera da Euro 2016, quando o ex-jogador brasileiro disse que o inglês de 20 anos fazia lembrar -se de si mesmo,  na juventude.
\"Ele era o jogador favorito do meu irmão. Foi por isso, que cresci a ver tanto ele e os seus jogos\", afirmou Rashford.
A Inglaterra, que venceu 8 dos 10 jogos das eliminatórias do Campeonato do Mundo,  estava invicta no Grupo F, ficou por um empate sem golos com a campeã Alemanha em um amistoso na sexta-feira.

INGLATERRA
Técnico preocupado
com marcação  de grandes penalidades


O seleccionador de futebol de Inglaterra, Gareth Southgate, admitiu ontem que a equipa tem de treinar grandes penalidades, antes do Mundial Russia-2018, coloca mesmo a hipótese de fazê-lo em jogos particulares.
“É algo que estamos a estudar, temos de nos preparar melhor para as grandes penalidades”, afirmou Southgate, e acrescentou que fazer essa preparação em jogos particulares “é uma opção”.
Desde 1990, em Europeus e Mundiais, a Inglaterra perdeu seis dos sete jogos que foram decididos nos desempates por grandes penalidades, dois dos quais com Portugal, para os quartos de final do Euro2004 e do Mundial-2006.
O próprio seleccionador, falhou uma grande penalidade frente à Alemanha, que afastou os ingleses da final do Euro1996.