Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol Internacional

Mónaco tenta a sorte entre os grandes

21 de Abril, 2017

Atlético de Madrid-Mónaco, Real Madrid e Juventus

O sorteio das meias-finais da Liga dos Campeões acontece hoje, em Nyon, na Suíça. Real Madrid, Atlético de Madrid, Juventus e Mónaco serão os clubes que pretendem marcar o seu lugar na final de Cardiff, a 3 de Junho.

O Real procura conseguir algo que nunca foi feito anteriormente: conquistar o título da Liga dos Campeões pela segunda vez consecutiva. No entanto, nas meias-finais, podemos assistir à reedição da final do ano passado, com um dérbi madrileno na calha do sorteio.Esta seria a quarta vez em quatro épocas que a equipa de Cristiano Ronaldo voltaria a encontrar o conjunto de Diego Simeone na prova milionária. Foram duas finais (2015/2016 e 2013/2014) e uma vez nos quartos de final (2014/2015), com um saldo positivo para o Real Madrid, que conseguiu um pleno de vitórias nas eliminatórias e nos jogos decisivos.

Por outro lado, um reencontro entre Real Madrid e Juventus não seria algo que agradasse aos \'blancos\', porque a última vez que o conjunto espanhol enfrentou os penta-campeões italianos foi eliminado.Por outro lado, o Mónaco é, teoricamente, o adversário mais acessível para os campeões europeus mas a última vez que se encontraram também não foi um momento para recordar. Em 2003/2004, o clube do Principado encontrou os \'merengues\' nos quartos de final da prova. A equipa francesa acabou por eliminar o conjunto espanhol por golos fora, depois de uma eliminatória que terminou 5-5, no conjunto das duas mãos.

O Atlético de Madrid procura a primeira Liga dos Campeões na sua história, depois de ter atingido duas finais nas últimas quatro temporadas. Se lhe calhar em sorte a Juventus, será uma estreia em partidas a eliminar na Liga dos Campeões.

Um Atlético de Madrid-Mónaco seria uma estreia total, visto que os dois emblemas nunca se enfrentaram em jogos oficiais.

Por fim, o \"outsider\" e a grande surpresa desta Liga dos Campeões, o Mónaco, de Leonardo Jardim. Depois de ter regressado à \'Champions\' em 2014/2015, após um interregno de dez anos sem marcar presença, esta época tem sido de sonho para a equipa do Principado.

Foi primeiro do seu grupo, à frente de Bayer Leverkusen e de Tottenham, e eliminou o Manchester City e o Borussia de Dortmund para chegar a este ponto. Com uma equipa de jovens valores, Leonardo Jardim procura assim chegar a uma nova final para a equipa francesa, uma estreia desde que é técnico principal.

Qualquer um dos candidatos será muito difícil para o treinador madeirense. No entanto, se há coisa que Jardim tem mostrado esta época é que, com o Mónaco, não são \'favas contadas\'.