Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol Internacional

Mnchengladbach assume a liderana

07 de Outubro, 2019

A jogar em casa, Bayer Leverkusen e Schalke, tambm no foram alm do empate, ambos a uma bola, diante de Leipzig, adversrio do Benfica na Liga dos Campees, e Colnia, respectivamente.

Fotografia: Dr

O Borussia Mönchengladbach assumiu ontem a liderança isolada da liga alemã de futebol, ao golear em casa o Augsburgo por 5-1, aproveitando os deslizes de Bayern Munique, Friburgo, Leipzig, Schalke e Bayer Leverkusen na sétima jornada.
Os golos de Denis Zakaria (dois minutos), Patrick Hermann (oito e 13), Alassane Plea (39) resolveram o encontro ainda na primeira parte, com o resultado a ser fechado por Breel Embolo (83), já depois de Florian Niedelechner (80) ter feito o ‘tento de honra’ dos visitantes.
A quarta vitória consecutiva na prova permite ao Mönchengladbach isolar-se no topo da classificação, com 16 pontos, mais dois do que Bayern Munique, Friburgo, Leipzig, Schalke e Leverkusen.
O campeão germânico, líder à partida para a sétima jornada, foi surpreendido em casa por 2-1 pelo Hoffenheim, enquanto o Borussia Dortmund, com Raphaël Guerreiro a titular, empatou 2-2 em Friburgo.
A jogar em casa, Bayer Leverkusen e Schalke, também não foram além do empate, ambos a uma bola, diante de Leipzig, adversário do Benfica na Liga dos Campeões, e Colónia, respectivamente.

LIGA ITALIANA
Roma volta
 a perder pontos

A Roma empatou ontem (1-1) na recepção ao Cagliari, na sétima jornada da liga italiana, a terceira igualdade concedida pela equipa da capital no campeonato.
Uma grande penalidade do brasileiro João Pedro, aos 26 minutos, adiantou os forasteiros, que seguem em sétimo lugar, com 11 pontos, antes de um auto-golo de Cepitelli, cinco minutos mais tarde, dar o empate aos romanos, quintos colocados, com 12.
Num jogo que teve, depois do golo do Cagliari, sentido único – como comprova 67% de posse de bola -, com a equipa do técnico luso a tentar dar a volta ao resultado, a falta de eficácia dos anfitriões ditou o empate.
Dzeko ainda marcou, em cima dos 90 minutos, mas o golo acabou por ser invalidado pelo videoárbitro (VAR), criando alguma ‘confusão’ entre as equipas e o árbitro do encontro, que durou até ao final.