Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol Internacional

Mourinho lamenta postura dos jogadores

23 de Outubro, 2017

Apenas se a equipa estivesse bem e o Victor mal é que poderíamos acusá-lo. Não foi o que aconteceu", disse.

Fotografia: AFP

O Manchester United sofreu a primeira derrota na \"Premier League\", a perder na deslocação ao terreno do vizinho Huddersfield Town por 2-1. Um jogo onde a equipa de José Mourinho foi uma sombra de si mesmo. No final do encontro, o técnico fez questão de deixar isso bem claro para os jogadores.
\"Quando se perde um jogo devido à atitude, é muito mau. Nem me lembro de um jogo amigável em que a nossa atitude tenha sido tão má. Até podíamos ter marcado um segundo golo e empatar, mas seria injusto. Se estivesse no papel de um adepto do Manchester United, estaria verdadeiramente desapontado, porque até podes aceitar perder se o adversário teve mais qualidade, mas não porque o adversário teve mais atitude\", referiu Mourinho.O português comentou ainda as palavras do médio Ander Herrera, titular na derrota de sábado.
\"Ouvi o Ander Herrera a dizer na zona mista que a atitude da equipa foi pobre e que não mostrámos vontade. Meu Deus! Quando um jogador diz isso, acho que todo plantel devia surgir em conferência de imprensa e falar, porque eu não sou capaz de explicar\", frisou.
Mourinho saiu em defesa de Vitor Lindelof, defesa central que entrou no lugar de Phill Jones. O antigo jogador do Benfica não foi feliz já que ficou ligado, de forma negativa, ao segundo golo dos \"terriers\", apontado pelo ex-portista Laurent Depoitre.
“O Victor [Lindelof] errou, mas não podemos culpá-lo apenas a ele. Durante o jogo houve vários momentos em que a equipa permitiu erros e um colectivo em dificuldades levou à má exibição. Apenas se a equipa estivesse bem e o Victor mal é que poderíamos acusá-lo. Não foi o que aconteceu\", disse.