Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol Internacional

Neymar tem luz verde para estreia

11 de Agosto, 2017

Estreia de Neymar pelo PSG pode ser amanhã e está a gerar muita expectativa

Fotografia: JAVIER SORIANO | AFP

O brasileiro Neymar está a poucas horas de fazer a estreia pelo Paris Saint -Germain, no campeonato francês, depois do clube francês ter depositado os milhões pela transferência do jogador nos cofres do Barcelona.

O treinador do Paris Saint -Germain, Unai Emery, disse ontem que o futebolista brasileiro “está preparado para jogar” amanhã frente ao Guingamp, ainda que não tenha confirmado a sua utilização.

“Se a transferência for homologada, está pronto para fazer parte do grupo, e jogar o jogo todo. Temos todos muita vontade de vê-lo estrear-se”, explicou o técnico em conferência de imprensa, pouco tempo depois da Federação Francesa de Futebol (FFF)  confirmar a chegada do certificado internacional do brasileiro, contratado ao FC Barcelona por uma verba recorde de 222 milhões de euros, valor da cláusula de rescisão.

Fonte dos catalães disse ontem à agência noticiosa AFP que o valor tinha sido recebido, pelo que o clube libertou o passe do jogador que agora pode estrear-se pelos parisienses.

Além de referir que a chegada de Neymar é “boa para o futebol francês, para o espectáculo e para os adeptos”, Emery escusou-se a comentar o possível interesse do clube por Kilyan Mbappé, jovem estrela do Mónaco treinado por Leonardo Jardim, por “só falar de jogadores do clube”, não confirmou um possível negócio de 180 milhões de euros pelo avançado francês.

Ontem, uma fonte do clube catalão confirmou à agência AFP ter recebido os 222 milhões de euros, referentes à cláusula de rescisão do futebolista brasileiro Neymar.

O clube catalão confirmou que recebeu “o cheque”, e por consequência vai “iniciar o processo de transferência”.

Apresentado à imprensa em 04 de Agosto, Neymar ainda não tinha o certificado para  representar oficialmente o clube parisiense. O documento é indispensável para homologar o contrato, pelo que o brasileiro é opção do treinador Unai Emery para a visita de domingo ao Guingamp, da segunda jornada da liga francesa.

O documento evita que um jogador assine por dois clubes ao mesmo tempo, é enviado para a federação onde é filiado o clube vendedor, foi solicitado pela Federação Francesa de Futebol à sua homóloga espanhola, em 03 de Agosto.

Em resposta, a federação espanhola disse que aguardava o aval do FC Barcelona, que só libertava o certificado depois de receber o valor da cláusula de rescisão.