Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol Internacional

O senhor favorito do grupo

Matias Adriano - 10 de Junho, 2019

As guias de Crtago so as mais poderosas e favorites qualificao

Fotografia: DR

Pelo seu potencial futebolístico a Tunisia é, indubitavelmente, o principal favorito do grupo. De resto, é entre os quatro aquele que ostenta o melhor palmarés. Ou seja, que tem o registo de mais participações em campeontos do mundo e melhores classificçöes em campeonatos africanos, com um título no histórico.
A Tunísia marcou a sua primeira presença na prova africana em 1962 na Etiopia, tendo sido um estreante de luxo, ao atingir as meias-finais, classificando-se em terceiro lugar  após vitória (3-0) sobre o Uganda no jogo de consolaçäo. Em 1965 acolheu a prova, que viria a perder na final com o Ghana. O desfecho foi de  3-2.
 De lá para cá a Tunísia primou sempre por uma presença regular no certame, ainda que, numa ou noutra ediçâo, com classificações não muito simpáticas. Por exemplo, em 1994 acolheu a prova, e sequer às meias.finais chegou.O ano de 2004 foi o melhor da sua História no cenário futebolístico africano.  A edição desse ano foi por si organizada em seis cidades do país, nomeadamente em Bizerta, Monastir, Radés, Sousse e Tunis. As Águias de Cártago terminaram invictas: duas vitórias (contra Ruanda e RDC) e um empate com a Guiné Conacry  na fase de grupos. Nas etapas seguintes, derrotou Senegal e Nigétria, até chegar à final contra a forte selecção do Marrocos, a quem venceu por 2-1.