Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Futebol Internacional

Wolves dão tudo a Espírito Santo

13 de Novembro, 2017

Os Wolves estão bastante satisfeitos com o trabalho do técnico português.

Fotografia: AFP

Nuno Espírito Santo recusou-se, recentemente, a trocar o Wolverhampton pelo Everton e o clube que lidera o Championship \'agradece\' a lealdade do treinador português, deu-lhe carta branca e orçamento ilimitado para reforçar o plantel, e promover os Wolves novamente à Premier League.
De acordo com a edição do \'Sunday Mirror\', os proprietários do clube britânico - a companhia de investimento chinesa Fosun International - quer que Nuno Espírito Santo transforme os Wolves num dos maiores clubes europeus, dá o exemplo do Manchester City que desde que foi adquirido pelo City Football Group, grupo de investidores de Abu Dhabi, ganhou uma outra expressão, tanto na Premier League como nas competições europeias.
E, a confiança depositada em Nuno Espírito Santo, não se resume a esta temporada, já que a publicação britânica refere que o clube não vai colocar quaisquer obstáculos, caso o Wolverhampton não consiga subir no final desta temporada, ao principal escalão do futebol inglês. Os Wolves estão bastante satisfeitos com o trabalho do técnico português.

BENFICA
Caso dos emails está
afastar receitas e adeptos


O Benfica assegura, que o caso dos emails e a divulgação de mensagens electrónicas por parte do FC Porto, está a prejudicar o emblema encarnado junto dos adeptos. Segundo avançou ontem o \'Jornal de Notícias\', no recurso apresentado pelos encarnados ao Tribunal da Relação do Porto contra a sentença do Tribunal Cível - que negou a providência cautelar pedida pelo Benfica relativamente à revelação de mensagens por parte dos dragões -, os encarnados sublinham que toda a situação está a provocar um \"enfraquecimento da ligação emocional dos adeptos\" ao clube, que por sua vez se traduz em menos assistência nos estádios, menor apetência comercial e em menos receitas.
As águias dizem ainda, que o FC Porto está na posse dos \"segredos de negócio\" obtidos a partir do seu servidor, referem-se à informação relativa a contratos de atletas, treinadores, funcionários e patrocinadores.
De acordo com o \'JN\', o recurso refere como verdadeira, a informação divulgada sobre o contrato de Luís Bernardo, e dados relativos ao jogador Bernardo Silva.
Quanto aos restantes emails, o Benfica nunca refere serem falsos, mas sublinha que cabe ao FC Porto provar que os dados que divulga são verdadeiros.