Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

1 de Agosto e Interclube negam "chamada" para o Mundial do Azerbaijo

Antnio Cristvo - 06 de Setembro, 2018

Nesse momento, trabalham na Escola de Judo da Terra Nova, no Distrito Urbano do Rangel, as atletas Marisa dos Santos (Escola de Judo Uragan), Maria Niangi (Clube de Judo da Boavista) e Joaquina da Silva (Terra Nova).

Fotografia: Jornal dos Desportos

As atletas seniores do 1º de Agosto e do Interclube de judo recusam-se a integrar os trabalhos de preparação da Selecção Nacional, visando a participação no Campeonato do Mundo a ter lugar de 21 a 26 deste mês na capital do Azerbaijão, Baku.
A informação foi avançada, no final de semana, ao Jornal de Desportos pelo coordenador da Comissão Técnica das Selecções Nacionais, Alexandre Martins \"Alex\", que anunciou a ausência das atletas desde a divulgação da convocatória, há dois meses.
\"Estou triste. Os clubes recepcionaram as convocatórias a tempo, mas infelizmente encontrámos alguns impedimentos nos treinadores. Não querem dispensar as atletas por motivos que desconhecemos\", disse o técnico .
Jesus Santana, director do Interclube para as modalidades colectivas, garantiu ontem que as judocas foram dispensadas para os trabalhos da Selecção. 
\"As atletas foram autorizadas a treinar na Selecção Nacional. Recebemos a convocatória. Vamos analisar o assunto\", esclareceu o dirigente.
O Jornal dos Desportos contactou, por telefone, o director para as modalidades do 1º de Agosto, Jonas, mas não tivemos sucesso.
Do conjunto do Rio Seco, \"Alex\" Martins convocou Janeth Alberto (48 kg), Andreza António (52 kg), Neide Diassonema e Isabel Lopes (57 kg), Priscila Marta (63 kg), Elma Inácio \"Kiquita\" e Suzana Kangamba (+78kg), enquanto da equipa da Polícia Nacional integram a lista do técnico Rosa Prudente (52 kg), Juliana Nkutxi (63 kg), Olávia Gomes (-70 kg) e Luanda Pedro (- 78 kg).
Os trabalhos das Selecções Nacionais tiveram início no dia 20 de Julho, no ginásio Evandro Faria (EFF), no bairro Comandante Valódia. Nesse momento, trabalham na Escola de Judo da Terra Nova, no Distrito Urbano do Rangel, as atletas Marisa dos Santos (Escola de Judo Uragan), Maria Niangi (Clube de Judo da Boavista) e Joaquina da Silva (Terra Nova).

JUDO
RD Congo anima Torneio de Luanda

A Selecção Nacional da República Democrática do Congo é a grande novidade do Torneio de Intercambio Internacional, a decorrer este sábado no pavilhão anexo número II da Cidadela Desportiva. Os congoleses integram a lista de melhores de África e têm a chegada ao país prevista para hoje.
Em declarações ao Jornal dos Desportos, o director técnico da Federação Angolana de Judo, Pedro Hebo, disse que os objectivos da selecção nacional é a conquista do primeiro lugar.
"Vamos competir com tudo o que temos para conquistar o maior número de medalhas. Esta prova vai trazer grandes benefícios ao judo. É uma oportunidade para que os atletas elevem os níveis competitivos e tenham mais rodagem combativa", disse.
Pedro Hebo disse que "a convivência e a unidade entre os dois países vão ser mais aprofundadas" e apontou as peças principais que dão tranquilidade à equipa nacional.
"Estamos confiantes. Temos bons atletas tanto nas selecções provinciais como na nacional. Destaco a Diassonema Neide, Priscila Marta e a Elma Inácio, Nayr Garcia, Edmilson Pedro, Acácio Quifucussa e Frederico João", teceu.
A competição serve de preparação para a selecção nacional sénior, que vai competir de 20 a 21 do corrente no Campeonato do Mundo de Baku, Azerbaijão.
Angola entra na competição com as selecções provinciais de Malanje, Luanda, Cuanza Norte, Huila, Benguela, Zaire, Uige e Huambo. O evento faz disputar as categorias dos -56 a +100kg para os masculinos e a classe feminina compete nos 48 a -70kg.
Os custos do torneio são suportados pela Federação Angolana com a apoio da empresa de segurança Acram Postura. Os atletas da selecção nacional estão hospedados numa unidade hoteleira situada no bairro Golfe II.

SELECÇÃO DE LUANDA
A selecção provincial de judo de Luanda está confiante em obter um bom resultado no torneio internacional . O técnico principal, Segui Francisco, disse que os atletas estão capacitados para garantir um resultado satisfatório.
"Tivemos várias sessões de treino no ginásio do Yoko-Dan no Cazenga. Os judocas exercitaram as técnicas mais importantes e fizeram as devidas correcções. Estão tecnicamente bem preparados", garantiu.
Luanda leva para a competição, os atletas das academias Y. Dan, Uragan, Dastola, F. Belas, Zamba 4, Emissoras, Rangel, Golfe, Girassol, Osoto Gari, Ende, D. Tala Hady, Budokwai, Boa Vista, Grafanilenses, Guedan, Pau Grande, Olímpicos, Goa, Bombeiros, Team Elite Nova Geração, CKK, De San e Dokd.
ROSA NAPOLEÃO