Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

1 de Agosto e Misto do Uge desistem dos campeonatos

07 de Maio, 2014

Provncia de Luanda vai marcar presena na prova nacional com uma delegao composta por trinta xadrezistas

Fotografia: Jornal dos Desportos

O 1º de Agosto e o representante do Uíge desistiram de participar nos Campeonatos Nacionais de juvenis, em ambos os sexos, que começam hoje no Clube 17 de Setembro da cidade de Saurimo, Lunda Sul.Mais de sessenta equipas, da Lunda Sul, Luanda, Huíla, Benguela, Cuanza Sul e Zaire, já confirmaram a sua participação na prova.Segundo o secretário executivo da Federação Angolana de Xadrez (FAX), Manuel Pedro, a direcção do 1º de Agosto deu pouca importância ao Campeonato Nacional de juvenis. "O pouco interesse do clube militar em apostar em prova de juvenis é uma demonstração clara de que o desenvolvimento da modalidade na referida colectividade não passa pelo investimento na base.

Os atletas do 1º de Agosto perdem uma suprema oportunidade de participar e ser escolhidos para a pré-selecção nacional para o Africano e Mundial de sub-14, no segundo semestre deste ano", disse. Com o 1º de Agosto de fora da competição, as atenções ficam viradas para a Escola da Macovi de Luanda e do Centro de Massificação de Benguela. Para as duas competições estão confirmados os xadrezistas do Polivalentes Aldanuel do Palanca (seis), Misto de Saurimo (dez), Ferroviário da Huíla (dois), Macovi da Huíla (dois), Misto do Cuanza Sul (dois), Misto de Benguela (seis), Zaire (dois) e Macovi de Luanda (30).Os nacionais vão ser disputados no sistema suíço a nove jornadas e o ritmo de jogo é de 90 minutos para os primeiros 40 lances. Está previsto o incremento de 30 segundos, a partir do primeiro movimento, para cada jogador, até terminar a partida.

Saurimo
Benguela promete
revalidar o título


A província de Benguela pretende revalidar o título de campeão nacional juvenil de Xadrez, que inicia hoje na cidade de Saurimo (Lunda Sul), afirmou ontem o presidente da Associação provincial da modalidade, Valdemar de Sousa.Em declarações à “Angop”, o responsável disse que, apesar da ausência do actual campeão nacional da categoria, Cristiano Aguiar, devido à idade, Benguela vai ter como grande adversária a província de Luanda, para revalidação do título.

Valdemar de Sousa revelou que a revalidação do título é possível, a julgar pelo nível competitivo e a qualidade técnica demonstrada durante o último campeonato provincial pelos quatro xadrezistas que vão disputar o nacional.Referiu que a província de Benguela vai estar representada por Jamerson Victoria (1º de Maio), actual campeão provincial, Domingos Chimbungula (Damba-Maria), Eliseu Domingos e Joaquim Silvano, ambos do Núcleo da Fronteira.