Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

1º de Agosto e Petro escaldam o Catetão

Silva Cacuti - 18 de Outubro, 2016

Viagem da equipa do 1º de Agosto a Ouagadougou para participar na Taça dos Clubes Campeões é a razão da antecipação da visita

Fotografia: Kindala manuel

A equipa sénior feminina de andebol do 1º de Agosto defronta hoje, às 18h00, no recinto do Catetão, a similar do Petro de Luanda,  partida de antecipação a contar para a 5ª jornada da primeira fase do campeonato provincial de andebol de Luanda.

A viagem da equipa afecta às Forças Armadas Angolanas a Ouagadougou a fim de participar na 38ª Taça dos Clubes Campeões, é a razão da antecipação da visita, inicialmente prevista para sexta-feira.

Vai ser um jogo em que a equipa militar entra com duas missões. Tem de vencer para desforrar-se da derrota na última partida com as rivais, que deu o título da Taça de Angola ao Petro de Luanda. Filipe Cruz tem ainda a missão de avaliar a prontidão da sua equipa, para a prova continental na qual vai com a missão de revalidar o título.

Ao Petro de Luanda, pouco pode servir o melhor domínio de particularidades do seu campo, diante da superioridade do plantel do adversário. Vivaldo Eduardo sabe disso! Se tem algo em que se apegar para vencer, é sem dúvida, a irreverência das suas jovens atletas. Na época passada, as petrolíferas venceram o primeiro jogo do provincial. Hoje, as meninas de Vivaldo Eduardo pretendem repetir a proeza da taça de Angola, e passar a mensagem de que estão presentes.

Todos estes elementos transformam a partida de hoje, numa batalha em que se jogam muitos interesses, além do próprio "provincial" em si.
Nomes como Mwasesa, Natália Bernardo, Luisa Kiala, Belina, Wuta, Cajó, Cassoma que pontificam no plantel militar, fazem com que seu treinador tenha às vezes, dificuldades em escalar o melhor sete.

Da parte do Petro, Azenaide Carlos, Ríssia Oliveira, Mamy, Bá, Magda, Joana Costa e companhia, sabem que as adversárias trazer lições do "manual de desforra" e precisam de jogar até à exaustão, para festejarem uma nova vitória diante da campeã africana. A quinta jornada completa-se na sexta-feira, no campo do RI20, quando se defrontarem às 18h00, o Progresso e a Marinha de Guerra. O ASA fica de folga.

Cinco equipas participam do campeonato que na primeira fase joga-se no sistema todos contra todos a duas mãos. As quatro primeiras equipas apuram-se para a meia-final.