Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

1º de Agosto vence torneio

João Francisco - 13 de Abril, 2015

Adérito Pedro e Erikckon Soares lideraram a vitória do Clube Central das Forças Armadas Angolanas

Fotografia: José Soares

O 1º de Agosto confirmou o favoritismo que lhe era atribuído à vitória na edição 2015 da "Taça ENSA" em xadrez, ao  ocupar o lugar cimeiro com cinco pontos após empate (2-2) com o "Misto de Luanda", ontem, na última ronda da prova. Nos postos imediatos posicionaram-se  o "Misto de Luanda" e a Selecção Nacional de juniores, que também empataram no "match" entre si.

Recorde-se que, na primeira jornada da prova disputada sexta feira, o 1º de Agosto começou por assumir a liderança do torneio, ao derrotar a  Selecção Nacional de Juniores por 3,5-0,5 secundado pelo Grupo Desportivo da EPAL, que venceu o Misto de Luanda por ( 1-3), na mesma ronda.
Na segunda jornada, disputada sábado, o 1º de Agosto consolidou a sua posição ao afastar a EPAL por ( 2,5-1,5), o mesmo resultado com que a Selecção Nacional "despachou" o "Misto de Luanda.

Note-se que a edição 2015 da Taça Ensa em xadrez, disputou-se este ano na sala Luena do Hotel Skyna, em Luanda, na especialidade por equipas, com quatro formações, que reúnem os melhores tabuleiros da nossa praça.  O 1º de Agosto com três Mestres Internacionais, nomeadamente, Adérito Pedro, Amorim Agnelo e Erikckon Soares, complementados pelos Especialistas nacionais, Jeovani Santos e Tito Agostinho, confirmou o favorito, ao ocupar aos lugares cimeiros.

Participaram igualmente no torneio, a selecção nacional de juniores,  com o mais recente Mestre Internacional angolano, David Silva, campeão africano de 2015, à cabeça, ainda o Mestre Fide, Cristiano Aguiar de Benguela, Sílvio Famoroso e Josemar Cambingano. O grupo Desportivo da Epal( Mestre Fide, Catarino Domingos, o candidato a Mestre, João Simões, Mestre Fide, Ediberto Domingo, Mestre Nacional Luciano Oliveira e Casimiro António) e O Misto de Luanda( Cambando José, Claúdio Félix, Jesus Pimentel, Adriano Pacavira e Flora Afonso), completam o quarteto, que disputou a prova  no sistema " todos contra todos", a uma volta.

A organização, cuja direcção esta a cargo do Membro de Direcção do Vitória Seguros de Angola, o vector Desportivo da ENSA- Seguros de Angola, apesar da alteração este ano dos moldes de disputa de individual para "por - equipas", continua fiel aos seus objectivos que passam em comemorar mais um aniversário da empresa, desta feita o seu 37º, divulgar a modalidade e permitir que os xadrezistas angolanos melhorem as suas pontuações internacionais, vulgo ELO FIDE.

Para o efeito, o torneio  o  ritmo de jogo de 1:30 ( noventa minutos) para cada jogador terminar a sua partida, com incremento de 30 segundos, a partir do primeiro movimento, numa cadência permite de acordo com os regulamentos internacionais permite ser pontuável para o ELO da Federação Internacional de Xadrez (FIDE).

PRÉMIOS
A prova distribuiu três troféus as melhores classificadas e, ainda prémios monetários, na ordem dos 150.000,00 Kzs( Cento e cinquenta mil Kuanzas), 100.000,00 e 50.000,00 Kuanzas, em função da ordem classificativa final.  Em relação aos apoios aos participantes, cada equipa recebeu um apoio na ordem dos 5.000,00 Kz ( Cinco mil Kuanzas) para transporte dos jogadores de e para o local da competição.