Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

A diferença de Gordo no Africano do Cairo

01 de Abril, 2017

Nadador angolano tem sido o abono da família nas competições internacionais

Fotografia: Jornal dos Desportos

Com uma de medalha de prata e duas de bronze, Salvador Gordo fez a diferença na equipa angolana que disputou no Cairo, Egipto, o Campeonato Africano de Juniores. O jovem angolano, que milita numa equipa na Inglaterra, arrebatou as medalhas de prata na prova de 50 metros costas e de bronze nas provas de 50 metros mariposa com o tempo de 27s51 e 200 estilo com 2min19s54.

A performance de Salvador Gordo melhorou os tempos anteriores, que registavam 29s83 na prova de 50 metros mariposa e 2min30s38 na prova de 200 metros estilos, conquistados em Luanda no ano passado.

O desempenho de Lia Lima saltou à vista na estreia do Campeonato Africano de Cairo. A atleta melhorou a própria marca na prova de 50 metros mariposa. Terminou na quinta posição com o tempo de 29s87.

Na prova de estafeta, 4X100 livres, a Selecção Nacional quedou-se na nona posição.

A treinadora de alta competição do 1º de Agosto, Maria Cardoso, disse que a \"família da natação nacional se regozija com o desempenho dos quatro nadadores presentes no Africano do Cairo\". \"Estamos maravilhados. O campeonato africano júnior é uma prova muito forte. Normalmente, competem os melhores da região. Quando os nossos atletas surgem no pódio a elevar a bandeira por qualquer medalha, é de louvar\", referiu.

Maria Cardoso considera positivo a prestação da selecção \"pelo facto dos nadadores melhorarem as marcas e baterem recordes nacionais\".

Orientados pelo seleccionador angolano, Manuel Garrido, vestiram as cores nacionais Salvador Gordo, Henriques Mascarenhas, Raquel Tremoço e Lia Lima. Os atletas integram as equipas da Inglaterra, África do Sul, Portugal e Angola. Os dois últimos são de Sporting de Portugal e do 1º de Agosto.

Recorda que Salvador Gordo se destacou no zonal do Zimbabwe disputado em Fevereiro último pela conquista da medalha de ouro na prova de 100 metros mariposa, em que bateu o recorde com o tempo de 1min01s06.

Henriques Mascarenhas fez história nos Jogos da SADC ao conquistar uma medalha de bronze na prova de 400 livres.

Raquel Tremoço tem nos seus registos as marcas obtidas nas distâncias de 400 metros estilos e 200 metros Mariposa.

Lia Lima destacou-se na distância mais curta de 50 metros Mariposa.