Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

A grande festa arranca hoje

05 de Agosto, 2016

O Rio de Janeiro teve de enfrentar uma forte concorrência de outros candidatos para ser escolhido como cidade-sede dos Jogos deste ano

Fotografia: AFP

Os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro começam a movimentar-se oficialmente a partir de hoje na cidade do Rio de Janeiro, Brasil.

A escolha foi feita durante a 121ª Sessão do Comité Olímpico Internacional, que aconteceu em Copenhaga, Dinamarca, em 2 de Outubro de 2009. Os Jogos Paralímpicos de Verão de 2016 serão sediados na mesma cidade e organizados pelo mesmo comité.

É a primeira vez que os Jogos Olímpicos são sediados na América do Sul e a segunda vez na América Latina, depois da Cidade do México 1968. É também a terceira vez que acontecem no hemisfério sul, depois de Melbourne 1956 e Sydney 2000. Além disso, é também a oitava vez que o Brasil sedia um grande evento multi-desportivo.

O evento ocorre entre os dias 5 e 21 de Agosto de 2016 e os Jogos Paralímpicos serão entre 7 e 18 de Setembro deste ano. O local de abertura e encerramento será no Estádio do Maracanã. Serão disputadas 28 modalidades, duas a mais em relação aos Jogos Olímpicos de Verão de 2012. O Comité Executivo do COI sugeriu as inclusões do râguebi e do golfe, e foram aprovados durante a 121ª Sessão.

O processo de eleição da cidade-sede dos Jogos Olímpicos de Verão de 2016 ocorreu entre 2007 e 2009 e contou com a participação de sete cidades de três continentes. Outras ainda planejaram participar no processo, mas não se inscreveram, tendo o prazo sido encerrado no dia 13 de Setembro de 2007.

Duas cidades da América (Chicago e Rio de Janeiro), duas da Ásia (Doha e Tóquio) e três da Europa (Baku, Madrid e Praga) oficializaram a candidatura.

No dia 4 de Junho de 2008 o Comité Olímpico Internacional (COI) revelou o resultado das avaliações preliminares das sete cidades concorrentes, eliminando ­Baku, Praga, Doha e tornando as quatro restantes em cidades candidatas: Rio de Janeiro, Madrid, Tóquio e Chicago.

A segunda fase começou com o Programa de Observação dos Jogos Olímpicos de Verão de 2008, em Pequim. Depois de elaborar o seu livro de candidatura e receber a visita da Comissão de Avaliação do Comité Olímpico Internacional, as cidades candidatas participaram, em Junho, num encontro, promovido pela primeira vez na história, com os membros do COI, que elegeriam a cidade-sede dos Jogos de 2016.

Em Setembro de 2009, a Comissão de Avaliação divulgou o relatório com suas impressões sobre os projectos finalistas. Tóquio, a cidade que teve a nota preliminar mais alta, perdeu o favoritismo, principalmente devido aos baixos níveis de apoio popular que a candidatura recebia. Chicago sofreu com protestos internos e com problemas com as leis americanas. A candidatura de Madrid teve o projecto mais criticado, principalmente por causa da falta de clareza das leis anti-doping da Espanha e da estrutura organizacional do comité local. As críticas fizeram os representantes da candidatura fazerem mudanças drásticas em pouquíssimo tempo, e, mesmo com o prefeito Alberto Ruiz-Gallardón já admitindo a derrota, o Parlamento Espanhol aprovou a alteração nas leis anti-doping do país poucos dias antes da votação.

O Rio de Janeiro, apesar de ter tido boas notas, teve problemas com a acomodação e os transportes. As avaliações foram consideradas equilibradas, não sendo possível até então apontar alguma cidade como favorita, nem pelo então presidente do COI, Jacques Rogge,[ nem pelos membros da entidade, que tinham o direito de escolher a cidade vencedora, assim como por órgãos de imprensa e sites especializados.


RÚSSIA
Onze pugilistas
podem participar


A Associação Internacional de Boxe (AIBA) autorizou ontem os 11 pugilistas russos inscritos nos Jogos Rio'2016 a participarem na competição olímpica.

Segundo o organismo, a decisão foi já confirmada pelo painel de três membros do Comité Olímpico Internacional (COI) encarregado de avaliar as listas enviadas pelas federações internacionais de modalidade.

"O processo está agora completo, depois de termos recebido a confirmação do painel do COI de que os 11 pugilistas russos são elegíveis para estarem presentes no Rio'2016", informou a AIBA em comunicado.

A decisão foi anunciada poucas horas antes do sorteio para o torneio olímpico de boxe, que começa no sábado.

Depois da divulgação de um relatório sobre o sistema de doping no desporto russo, o COI decidiu não suspender toda a delegação, atribuindo às federações internacionais o poder de fazer a sua própria triagem.

Por decisão do organismo que gere o movimento olímpico, a autorização final de participação será tomada por um painel de três membros do COI encarregado de avaliar as listas enviadas pelas federações internacionais de modalidade.


PARA 2020

Aprovadas cinco
novas modalidades


O Comité Olímpico Internacional aprovou quarta-feira cinco novas modalidades olímpicas: surf, beisebol, karaté, skate e escalada, que se irão estrear nos próximos Jogos Olímpicos em 2020. Surf, beisebol/softbol, karaté, skate e escalada, que se irão estrear nos próximos Jogos Olímpicos em 2020.

A decisão foi tomada esta quarta feira num congresso que decorreu na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, sendo que houve três modalidades, bowling, squash e wushu, que também estavam em cima da mesa mas ficaram de fora.


ESCOLHA POPULAR

Vinicius de Moraes dá nome à mascote


No dia 23 de Novembro de 2014 foram anunciados as mascotes dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos durante o programa Fantástico, da Rede Globo.
 Representando a fauna e flora brasileiras, o primeiro é uma mistura de todos os animais e possui a característica de se esticar o quanto quiser, pular bem alto e imitar o som de qualquer animal e representa os Jogos Oímpicos. O segundo é uma mistura de todas as plantas das florestas brasileiras, conhece os segredos da natureza e sabe que com criatividade, inteligência e vontade pode chegar aonde quiser. Representa os Jogos Paralímpicos.

Após a divulgação oficial foi aberta uma votação popular pela internet para a escolha dos nomes das mascotes. Dentre as três opções estavam Vinicius e Tom, Oba e Eba e ­Tiba Tuque e Esquindim.

A14 de Dezembro de 2014, foi escolhido o nome Vinícius e Tom, com 44% dos votos. A escolha homenageia os músicos Vinicius de Moraes e Tom Jobim, dois expoentes da bossa nova e autores de Garota de Ipanema, uma das canções brasileiras mais conhecidas no mundo.
Vinicius é o nome da mascote olímpica e Tom da paralímpica.


FRANÇA
Hollande promove campanha


O presidente francês, François Hollande, partiu ontem para uma visita ao Rio de Janeiro, num avião decorado com o logótipo da candidatura de Paris à organização dos Jogos Olímpicos de 2024.

No Brasil, onde nesta sexta-feira começam oficialmente os Jogos Olímpicos Rio2016, já está a presidente da câmara de Paris, Anne Hidalgo.

Hollande será um dos vários chefes de Estado a marcar presença na cerimónia de abertura, que decorrerá no estádio do Maracanã, na qual também estará o Presidente da República portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa. Também hoje, François Hollande participa, igualmente, numa acção de promoção da candidatura de Paris aos Jogos de 2024, aos quais também se candidataram as cidades de Roma, Budapeste e Los Angeles.