Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Academias esto ilegais em Cacuaco

Jessuares Francisco| Cacuaco - 19 de Agosto, 2019

No dia 31 disputado o campeonato provincial e todas as academias de Luanda esto inscritas, segundo Jos Antnio.

Desde a morte do fundador da Academia da Induve, ocorrido há um ano, o município de Cacuaco deixou de ter uma instituição legalizada na Associação Provincial de Taekwondó de Luanda. A situação preocupa a direcção da instituição, segundo o secretário-geral, José António \"Marley\".
Em declarações ao Jornal dos Desportos, o dirigente sustentou que a desistência de algumas direcções de núcleos e o desaparecimentos dos mesmos devem-se à falta de incentivos das entidades da circunscrição.
José António assegurou que actualmente não existe nenhum clube-academia que funciona de forma legal em Cacuaco.
\"A Academia da Induve nunca mais participou de actividades desportivas, desde o falecimento do seu fundador. Era a única do município\", disse.
Quanto aos clubes existentes no município de Cacuaco, José António disse que nunca manifestaram a vontade de participar dos eventos da Associação de Luanda. A instituição não os reconhece e os considera de ilegais.
O responsável apela a todos os mestres, responsáveis das academias de Cacuaco, a contactarem a Associação, sita na Cidadela Desportiva, no sentido de as legalizarem e evitarem as multas.
“Estamos numa nova Era. Queremos primar por uma melhor organização, desde a Federação, associações provinciais e todos os associados ao taekwondó a todos os níveis”, rematou.
Sobre as provas realizadas ou organizadas, o secretário-geral enumerou os torneio da Paz, Taça Embaixada da Coreia, Opens e campeonatos provinciais. Os clubes de Luanda são convidadas a participar de vários torneios noutras províncias e países.
No dia 31 é disputado o campeonato provincial e todas as academias de Luanda estão inscritas, segundo José António.