Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Acadmica conquista Taa de Angola

30 de Outubro, 2015

A humildade e a crena ditaram a vitria da Acadmica de Luanda na final da Taa de Angola em hquei em patins

Fotografia: Jornal dos Desportos

A humildade e a crença ditaram a vitória da Académica de Luanda na final da Taça de Angola em hóquei em patins, disputada na última quarta-feira no pavilhão anexo número um da Cidadela Desportiva em Luanda, diante do 1º de Agosto. Diante de um plantel mais forte, os académicos venceram os militares por 5-4.

A determinação e a coragem de defrontar a "melhor equipa" foram fundamentais para vencer a partida. Com olhos postos nos erros tácticos do adversário, a Académica de Luanda aproveitou da melhor maneira para revalidar o título. Na primeira parte do prolongamento, o golo de ouro de Didi devolveu o sorriso aos lábios de cada atleta e adepto.

Jurandi da Silva "Didi", treinador da equipa dos estudantes, assegurou que "este título" os motiva mais para o campeonato nacional e "todos estão de parabéns".

O mesmo não se pode dizer do 1º de Agosto. O técnico da equipa sénior masculino de hóquei em patins, António Gaspar, assumiu que a equipa forçou um prolongamento, onde foram "infelizes" e algumas vezes prejudicada pela arbitragem.

Longe de título de "lordes", atribuído aos campeões, António Gaspar encontrou também nos cortes sucessivos da energia eléctrica a retirada de "alguma qualidade" nos seus jogadores para justificar a derrota. Contudo, está feliz por participar pela primeira vez numa final da Taça de Angola. O 1º de Agosto entrou bem no jogo e Paizinho abriu o placard com remate a longa distância, aproveitando a abertura da defesa adversária. Minutos depois, numa jogada de insistência, Martin Payero marcou pelos estudantes. O empate foi desfeito antes do intervalo. Neri aumentou a vantagem dos militares.

No reatamento, Big igualou o placard (2-2). O 1º de Agosto estava pronto para fazer a história. Motivados pela final, Neri voltou a violar a baliza adversária e colocou a equipa militar em vantagem (2-3). O golo galvanizou-os e tiveram mais posse de bola com possibilidades de dilatar o resultado.  Entre os estudantes, a determinação veio de cima. Didi relança a partida com um golo de belo feito e volta a empatar (3-3). Os agostinos não baixam os braços e a dois minutos para o final adiantam-se no marcador (3-4) através de Rui Miguel. Quando tudo parecia caminhar para a vitória, os militares sofrem mais um golo, o de empate (4-4), a escassos 40 segundos do final.

No prolongamento, Didi marcou o golo de ouro para a Académica de Luanda e ditou a revalidação do troféu.

A final da Taça de Angola foi o repto lançado do campeonato nacional de hóquei em patins, cujo arranque está previsto para cinco de Novembro. Académica de Luanda e 1º de Agosto constituem as melhores equipas da actualidade do país. Reforçadas com atletas da "moribunda" Juventude de Viana, as finalistas da Taça de Angola aparecem como as principais candidatas a levantar o troféu a 28 de Novembro próximo.


PALMARÉS

Vencedores

A equipa sénior masculina de hóquei em patins da Académica de Luanda conquistou na última quarta-feira, a Taça de Angola, ao vencer na final o 1º de Agosto por 5-4.

2004 Enama de Viana
2005 Desportivo da Banca
2006 Petro de Luanda
2007 Juventude de Viana
2008 Juventude de Viana
2009 Juventude de Viana
2010 Juventude de Viana
2011 Juventude de Viana
2012 Petro de Luanda
2013 Juventude de Viana
2014 Académica de Luanda
2015 Académica de Luanda