Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Acadmica decide meia-final entre militares

20 de Setembro, 2018

A segunda "mo" da meia-final disputa-se no sbado, no mesmo local e horrios. A final da Taa de Angola est marcada para o dia 29 do corrente.

Fotografia: Jornal dos Desportos

A Académica de Luanda, detentora do título da Taça de Angola, é a única equipa não militar que ainda está na luta pelo título da prova, após a eliminação do Petro de Luanda às mãos do 1º de Agosto.
Depois do empate a três golos, na primeira \"mão\" da eliminatória pela última vaga à meia-final, os petrolíferos, sob comando de Benevides de Almeida \"Vide\", foram incapazes de \"segurar\" o ímpeto dos agostinos e perderam por 3-5 na segunda \"mão\".
Os militares de António Gaspar juntam-se na disputa da meia-final a outras equipas do ramo, casos do Instituto Superior Militar e Estado Maior General.
No emparcelamento da meia-final, os agostinos vão defrontar o Estado Maior, enquanto o ISTM  vai ser adversário da Académica de Luanda.
Os académicos do Kikuxi, treinados pelo seleccionador nacional, Fernando Fallé,  são favoritos em grande dose diante dos pupilos de José Henriques. Os números dos jogos entre si não deixam qualquer margem de dúvidas sobre qual dos conjuntos vai seguir em frente.
O mesmo não se pode dizer do confronto entre o 1º de Agosto, de António Gaspar, e o Estado Maior, orientado pelo veterano treinador José Araújo. Os rapazes de Araújo chegaram a vencer os militares na disputa do campeonato provincial de Luanda e, mesmo quando perdem, fazem-no com jogos equilibrados. Este facto transforma o jogo de amanhã, às 17h00, no mais apetecível desta meia-final.
A segunda \"mão\" da meia-final disputa-se no sábado, no mesmo local e horários. A final da Taça de Angola está marcada para o dia 29 do corrente.                                
SC