Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Acrobacias voltam a agitar “Cidade Jardim”

Helder Jeremias - 16 de Novembro, 2016

Prova de velhas guardas enaltece o aniversário do MPLA

Fotografia: Dombele Bernardo

Depois de ter acolhido com sucesso, o Grande Prémio 11 de Novembro de motocross, em alusão ao dia da independência nacional, a população de Ndalatando volta a ser bafejada com uma atmosfera de cor e alegria. Os pilotos das categorias 250cc, 150cc e moto 4 (450cc) vão entrar, mais uma vez, no novo circuito da municipalidade de Cazengo, capital de Cuanza Norte, em busca do troféu do GP 10 de Dezembro.

Promovido pelas autoridades locais em parceria com a Associação Provincial de Motocross de Luanda, o evento enquadra-se num vasto programa de actividades desportivas e culturais para saudar o dia do partido maioritário em Angola, o MPLA, a ser celebrado a 10 do próximo mês.Para além da prova rainha (250cc) do Grande Prémio 10 de Dezembro, o certame faz disputar também uma prova de antigos praticantes (velhas guardas), além de uma corrida de kupapatas (50cc). As duas últimas provas estavam agendadas para o pretérito fim-de-semana, no circuito Jorge Varela, em Luanda.

Para acalmar a população da capital do país, que se preparava para participar do encerramento da época desportiva, Carlos Soweto, presidente da Associação provincial esclareceu ao  Jornal dos Desportos que "houve a necessidade de se dar a oportunidade às demais províncias de usufruírem do espectáculo". Com a excepção da última jornada, as restantes provas decorreram no circuito Jorge Varela, justificou. À semelhança da prova da "dipanda", a direcção de Carlos Soweto trabalha com as equipas e pilotos individuais para debelar as situações dúbias. O programa reserva a partida para o palco da corrida nas primeiras horas do dia 9 de Dezembro.

No primeiro ano à frente da Associação, o ex-piloto sente-se reconfortado por contar com uma estrutura orgânica disciplinada e com a experiência dos mais velhos. Embora a actual situação económica do país tenha condicionado o desenvolvimento e a massificação, os planos gizados estão a surtir os efeitos positivos."Um dos nossos objectivos era levar o maior número de provas a diferentes províncias do país.  Julgamos ser a melhor forma de incentivar os jovens locais a enveredar pela carreira desportiva, mas a pretensão não foi possível por razões óbvias. Nesta fase final, recebemos, com agrado, o convite para realizar dois importantes eventos em Ndalatando.Fomos bem sucedidos na realização do primeiro e julgamos que também vamos ser felizes na próxima empreitada", frisou Carlos Soweto.

~NDALATANDO
Custódio Neto projecta novo triunfo


A conquista do Grande Prémio 10 de Dezembro, a ter lugar no mesmo dia em Ndalatando, capital do Cuanza Norte, é a próxima aposta do piloto do Team 2 Lemos, Custódio Neto "Toíto". Depois de ter conquistado o certame em homenagem à independência nacional, a 5 do corrente, está convicto em um novo triunfo na Cidade Jardim.

Terceiro classificado da tabela geral, atrás de Zé Cazenga e Augusto Congo, Custódio Neto quer dar alento ao seu estado emocional. A perda do título para o piloto do Team Orbel ainda não está bem digerido, apesar de reconhecer as dificuldades por que passa.Perante os momentos difíceis (a equipa não tem meios para apoiar), Custódio Neto procura bater-se com dignidade.

Participou de todas as jornadas do campeonato provincial de Luanda, das quais obteve duas vitórias, contra sete de Zé Cazenga. Este resultado contribuiu para a perda do título conquistado em 2015."Vou trabalhar mais uma vez para conseguir um resultado satisfatório em Ndalatando. O circuito é bastante interessante e o povo muito acolhedor.

O meu desejo é fazer uma boa época em 2017 e em melhores condições. A próxima meta é tentar vencer o Grande Prémio 10 de Dezembro", augurou Custódio Neto.A mesma ambição em arrebatar o troféu do GP 10 de Dezembro é partilhada por Augusto Congo.Agugu, como também é conhecido, apresenta performances que descortinaram um dos maiores talentos da actualidade. O jovem talentoso é cobiçado pelas principais equipas para a época 2016. Zé Cazenga recusa-se a ser mero espectador. O Campeão  vai procurar fechar da melhor maneira a época desporttiva. Depois de ver Toíto no pódio,  promete receber o troféu.