Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Adiamento da Taa Nacional prolonga provincial de Luanda

Pedro Futa - 10 de Junho, 2019

O secretrio geral da Associao Provincial de Luanda, Pascoal Chitumba

Fotografia: Agostinho Narciso | Edies Novembro

O adiamento da Taça Nacional em atletismo para os dias 20 e 21 de Julho do corrente vai prolongar o Campeonato Provincial de Luanda para mais sete jornadas. O secretário geral da Associação Provincial de Luanda, Pascoal Chitumba, assegura que o adiamento do evento previsto para os dias 15 e 16 de Junho vai exigir mudanças na programação da instituição.
"O programa da Associação previa a realização de apenas duas jornadas do campeonato provincial devido à proximidade da Taça Nacional. Com o adiamento do evento, vamos ter de prolongar a prova para dar mais ritmo competitivo aos atletas ", justificou.
Pascoal Chitumba disse ainda precisar do apoio da Federação Angolana de Atletismo para a realização das restantes jornadas.
"A Associação não é uma unidade orçamentada pelo Estado. E para a realização de uma jornada, precisamos de 20 juízes e cronometristas. Paga-se a cada um dois mil kwanzas por dia. Vamos precisar do apoio da Federação", frisou.
Apenas quatro equipas pagaram a taxa de inscrição de 98 mil kwanzas, segundo Pascoal Chitumba.
"Trata-se do Petro de Luanda, 1º de Agosto, Interclube e Progresso Sambizanga. São as que pagaram as taxas de inscrições. O resto está em dívida", referiu.
A Associação devia ter parcerias com as grandes empresas para a realização de provas em Luanda, mas a Federação tomou a dianteira. Por exemplo, nas provas da Sonangol e da Marcha da Família e outras estão aos cuidados da equipa técnica de Bernardo João, segundo o secretário geral.
  
ATLETISMO
Nicolau Palanca está agastado
com gestor da pista dos Coqueiro
s

Nicolau Palanca está agastado com a pista dos Coqueiros, depois de ter contraído lesão no tendão de pé esquerdo, no passado sábado, aquando da realização da 2ª jornada do Campeonato Provincial de Luanda de atletismo, em seniores. O atleta do Interclube e antigo guia de José Sayovo mostrou-se indignado com o governo da província de Luanda que nada faz para mudar o tartan.
"O estado da pista é lamentável. Esse ano, sou o quarto atleta a sofrer uma lesão devido ao mau estado do tartan. Primeiro foi o Luís Manuel, do Petro de Luanda, depois seguiram-se Cláudio Mayembe e Augusto Segunda, ambos do 1º de Agosto. O governo da província de Luanda tem de fazer alguma coisa urgente", desabafou.
O mau estado da pista de tartam do Estádio dos Coqueiros mereceu o reconhecimento do secretário da Associação Provincial de Luanda, Pascoal Chicumbe. O dirigente afirmou que a Federação tem conhecimento.
"A Associação fez uma relação de problemas do Estádio dos Coqueiros. Além da pista degradada, o sector de lançamentos de discos e dardos também deve ser revisto. A Federação Angolana de Atletismo e o Ministério da Juventude e Desportos tomaram conhecimento", afirmou.
De recordar que houve a promessa da Federação Africana de Atletismo ajudar o Governo angolano na substituição do tartan do Estádio dos Coqueiros.    
A segunda jornada do campeonato provincial de Luadna teve como vencedor nos 200 metros masculinos, António Dala, do 1º de Agosto, com o tempo de 22s35, seguido de Felisberto da Silva, do Petro de Luanda (22s86) e Nicolau Palanca, do Interclube (23s48).
Nos 400 metros barreiras, Augusto Segunda, do 1º de Agosto, venceu com o tempo de 1min01s e54, seguido do seu colega de equipa ... ?(1min02s27), João Fraio, do Petro de Luanda (1min07s05).
Na prova de 800 metros, Evaristo Sapalo, do Interclube, foi o mais rápido e venceu com o tempo de 2min02s, seguido de Afonso Armando (2min06s) e Sengue Bento (2min12s), ambos do 1º de Agosto.
No lançamento de disco, Rui José, do Petro de Luanda, venceu com a marca de 38,84 metros, segui do colega de equipa Jesus Lameira (33,75m) e Geraldo Cassengue, do 1º de Agosto (26,72m).
Na prova de estafeta 4x400, o Interclube com o tempo de 2min26s superou o 1º de Agosto (2min42s).

EM FEMININO.

Anastácia Yonengue, do 1º de Agosto, conquistou a medalha de ouro com o tempo de 27s35 na prova de 200 metros. Nas posição subsequente ficou a colega de equipa, Sílvia Luzolo (30s91).
No lançamento de disco, Suraia Rua, do Interclube, venceu com a marca de 36,05 metros, seguida da colega de equipa, Helena Liende (30,26m) e Miséria Gaspar, do 1º de Agosto (25,05m).