Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Adérito Pedro lidera raking nacional da FIDE

07 de Fevereiro, 2017

Dificuldades financeiras impedem Adérito Pedro de atingir a norma de Grande Mestre

Fotografia: José Soares

O Mestre Internacional (MI) Adérito Pedro, do 1º de Agosto, conserva a liderança do rating nacional com 2310 pontos após a primeira actualização de 2017 realizada pela Federação Internacional de Xadrez (Fide), no dia 31 de Janeiro, em Atenas, Grécia. O atleta "militar" não competiu no mês de Janeiro, mas relega os principais adversários para lugares mais baixos da tabela.

O MI Erikson Soares, do Progresso Sambizanga, é o segundo melhor angolano com 2271 pontos, seguido do Mestre Fide (MF) Catarino Domingos, da EPAL (2268), MI David Silva, do Progresso Sambizanga (2220); Candidato a Mestre (CM) João Simões, da EPAL (2215).

Mais abaixo da tabela estão MF Cristiano Aguiar, do Progresso Sambizanga, com 2200 pontos; MF Domingos Paulino, da Escola de Xadrez de Viana (2199); CM Sérgio Miguel, do Progresso Sambizanga (2190); CM Cambando José, do Progresso Sambizanga (2186); MF Manuel Alberto, da Escola de Xadrez de Viana (2174); MI Amorim Agnelo, do 1º de Agosto (2173); João Júlio, da Escola de Xadrez de Viana (2157); CM Tito Agostinho, do 1º de Agosto (2141); MF Eduardo Pascoal, do 1º de Agosto (2136) e MI Luciano Oliveira, da Epal (2134).

FEMININO
A Mestre Internacional (MI) Esperança Caxita, do Progresso Sambizanga, encabeça a lista com 1833 pontos. Depois seguem a MI Maria Domingos, do Progresso Sambizanga, com 1711 pontos; Valquíria Rocha, do 1º de Agosto (1690); Margarida Sussu, do 1º de Agosto (1626); Candidato a Mestre Delfina João, do Progresso Sambizanga (1617); Irineia Gabriel, do 1º de Agosto (1615) e MF Luzia Pires, do Polivalentes Aldanuel do Palanca (1614).

NO MUNDO
O Grande Mestre (MG) Magnus Carlsen, do Noruega, é o melhor do rating mundial com 2896 pontos. Nos lugares imediatos estão o GM Vassily Ivanchuk, da Ucrânia (2827); GM Shakhriyar Mamedyarov, Azerbaijão (2825); GM Alexander Grischuk, da Rússia (2822); Ian Nepomniachtchi, da Rússia (2819); GM Leinier Dominguez Perez, da Cuba (2803); GM Vladimir Kramnik (2798); GM Levon Aronian, da Arménia (2797); MG Yangyi Yu, da China (2791) e Hikaru Nakamura, dos Estados Unidos da América (2790).

As cinco melhores xadrezistas mundiais são a GM Yifan Hou, da China, com 2611 pontos; GM Anna Muzychuk, da Ucrânia (2611); GM Kateryna Lagno, da Rússia (2577); GM Valentina Gunina, da Rússia (2568) e GM Nana Dzagnidze, da Geórgia (2556).

ANGOLA ESTÁ
NA 97ª POSIÇÃO

Angola ocupa a 97ª posição com 2223 pontos e tem nove Mestres Internacionais. O Egipto é o melhor do continente africano e ocupa 50ª posição com 2470 pontos. O país da região do Magreb tem cinco Grandes Mestres e 30 Mestres Internacionais. A Rússia lidera o ranking dos países com 237 Grandes Mestres e 90 Mestres Internacionais; seguindo-lhe os Estados Unidos da América, com 90 Grandes Mestres e 143 Mestres Internacionais;

China, com  93 Grandes Mestres e 31 Mestres Internacionais; Ucrânia, com 87 Grandes Mestres e 200 Mestres Internacionais; Índia, com 44 Grandes Mestres e 91 Mestres Internacionais; Azerbaijão, com 24 Grandes Mestres e 25 Mestres Internacionais; França, com 49 Grandes Internacionais e 105 Mestres Internacionais; Arménia, com 37 Grandes Internacionais e 29 Mestres Internacionais; Polónia, com 41 Grandes Mestres e 10 Mestres Internacionais; e Hungria, com 54 Grandes Mestres e 11 Mestres Internacionais.