Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Alemo alcana recorde mundial

25 de Outubro, 2015

Markus Rehm saltou 8,40 metros em Doha

Fotografia: AFP

O alemão Markus Rehm, que compete na categoria T44, alcançou na sexta-feira o recorde mundial paralímpico no salto em comprimento, ao saltar 8,40 metros em Doha, nos Mundiais IPC, um registo que teria valido ao germânico o ouro nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, quando a final foi resolvida com 8,31 metros (por Greg Rutherford).

Amputado da perna direita, na qual usa uma prótese, Markus Rehm alimenta o desejo de estar presente nos Jogos Olímpicos do Rio, esperando uma decisão da Federação Internacional de Atletismo (IAAF) quanto a esse pedido, que poderia seguir o exemplo de Oscar Pistorius, que em 2012 competiu nos 400 metros usando próteses.

Por outro lado, a participação portuguesa nos Mundiais de Atletismo IPC começou na quinta-feira de forma discreta em Doha, no Qatar. Com cinco atletas em acção no primeiro dia, três deles falharam a passagem às rondas seguintes, ao passo que os dois restantes seguiram directamente para a final, acabando por ficar longe das medalhas.

Com honras de abertura esteve Carlos Lima, que pela manhã entrou em acção nos 400 metros T20, ficando-se pelo 5.º posto na sua eliminatória, com um tempo de 55,21 segundos, registo insuficiente para assegurar a presença na final. Fora das próximas rondas - no caso, as meias-finais - ficaram igualmente Firmino Batista e Gabriel Potra nos 100 metros, nas classes T11 e T12, respectivamente. O primeiro ficou-se pelos 12,45 segundos, ao passo que o segundo fez 11,59, tempos que não chegaram para garantir passagem às meias-finais.