Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Alfredo Sassa garante "surra" a Cambembo

?lvaro Alexandre - 08 de Fevereiro, 2017

O ingresso para a bancada custa 500 kwanzas e à volta do ringue está avaliado em mil kwanzas.

Fotografia: Jornal dos Desportos

Alfredo Sassa, líder do ranking nacional da categoria profissional dos 64 kg, prometeu "derrota sofrível" ao Francisco Cambembo, pugilista da Escola de Boxe do Palanca, no principal combate da Gala da Federação Angolana de Boxe (Faboxe) inserida nas festividades do 30º aniversário do Ministério da Juventude e Desportos. O evento vai ser disputado no sábado, às 15h00, no Complexo Turístico Paz Flor.

Sem papas na língua, Alfredo Sassa ameaçou ontem, durante a conferência de imprensa realizada no salão Navio do Hotel Continental, deixar o adversário em estado de choque. "Vou impor respeito. Francisco Cambembo está a tempo de desistir para evitar humilhação. Caso insista em levar avante a aventura, vai ter um prémio doloroso. Dois rounds vão ser suficientes para colocá-lo em coma", ameaçou.

O pugilista da Escola de Boxe do Palanca não se sente intimidado com os fortes punhos do  número um do boxe profissional angolano. Francisco Cambembo assegurou num tom de voz  educado, levar ao tapete o principal rosto da gala. "Não tenho medo de Alfredo Sassa. Acredito na vitória. É o meu primeiro combate profissional e vou pôr um fim na carreira do detentor do cinturão", advertiu.

ORGANIZAÇÃO
O presidente da Federação Angolana de Boxe, Carlos Luís, disse que estão programados dois combates profissionais e três amadores. O combate central da gala vai ser entre Alfredo Sassa e Francisco Cambembo. Os atletas disputam o combate em cinco rondes.

Noutro combate profissional, Alexandre Bonito, do Jef Sport, aguarda pelo adversário. A primeira escolha, Henriques Lando, do Electro Clube do Lobito, desistiu da prova à última hora. A direcção do evento promete encontrar um lutador até sexta-feira para fechar o quadro. Carlos Luis garantiu que os vencedores vão obter o passe de acesso à disputa da primeira edição do Campeonato Nacional Profissional e gabou-se que Fevereiro vai proporcionar peleja de luxo.

"Estão garantidos combates de boa qualidade e os apaixonados de boxe vão ter momentos ímpares. Convido os interessados a adquirir os bilhetes de acesso ao pavilhão com antecipação. Acredito que vai haver muita procura, visto que o recinto é pequeno e apenas 500 bilhetes vão estar disponíveis", disse. O ingresso para a bancada custa 500 kwanzas e à volta do ringue está avaliado em mil kwanzas.