Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Alonso quer comprar equipa

19 de Fevereiro, 2014

O alemão está internado em coma em consequência de um traumatismo craniano grave e não tem previsão de deixar o hospital em Grenoble, no Sul da França.

Fotografia: AFP

Adepto de ciclismo, o piloto de Fórmula 1 Fernando Alonso pode vir a tornar-se patrão de uma equipa. O espanhol esteve recentemente na Volta ao Dubai, visita que permitiu a Alonso abordar os dirigentes da Cannondale com vista a um acordo para a próxima temporada. Fernando Alonso sabe que ao criar uma nova equipa, fica condicionada às normas da UCI, que só permitem a presença nas provas do World Tour através de convites.

Assim sendo, a possibilidade de adquirir a estrutura da Cannondale ia possibilitar-lhe ter uma formação a competir no Pro Teams.Depois de a Liquigas ter decidido não continuar ligada ao ciclismo, os americanos da Cannondale optaram, em Outubro, por comprar a licença, que era propriedade da Brixia Sports.

Porém, a procura de um novo parceiro nos Estados Unidos e na Europa não aconteceu até agora, pelo que o acordo com o bicampeão mundial de F1 pode servir as duas partes, com os americanos a ficar unicamente responsáveis pelas bicicletas. A nova equipa ficava conhecida como Team Alonso Cannondale.

Michael Schumacher
“voou” dez metros


 O ex-piloto Michael Schumacher foi catapultado durante o acidente que sofreu, enquanto skiava em 29 Dezembro de 2013. O heptacampeão “voou” dez metros antes de chocar a cabeça contra uma rocha. As informações são do Jornal” Bild”. O alemão está internado em coma em consequência de um traumatismo craniano grave e não tem previsão de deixar o hospital em Grenoble, no Sul da França.

Schumacher completou 45 anos de idade no início de Janeiro, skiava com o filho e alguns amigos na estação de Méribel, quando se registou o acidente. No momento da queda, estava numa região fora da pista original, a 4,5 metros do trajecto recomendado, de acordo com o “Bild”. Fora da pista demarcada, Schumacher passou por uma rocha e foi lançado ao ar. Devido à inclinação da montanha, o ex-piloto de Fórmula 1 “voou” 10,4 metros, antes de bater fortemente com o lado direito da cabeça contra uma segunda pedra. O capacete do alemão não resistiu ao impacto e partiu-se.

MERCEDES F1
Combustível
afecta carros


Lewis Hamilton comentou em diversas ocasiões a sua insatisfação com a economia de combustível, como o rápido desgaste dos pneus. Para a época de 2014, Paddy Lowe, chefe-técnico da Mercedes acredita que o britânico não vai ter o desempenho prejudicado por isso. “Certamente é um factor nas corridas, mas espero que não seja dominante. No ano passado, houve ocasiões em que vimos a paragem de um piloto e Lewis era um exemplo, de empurrar no limite em cada volta. Isso é muito frustrante em algumas ocasiões”, disse Lowe em entrevista à “Autosport”. O responsável ressaltou que esse problema não é apenas dos últimos anos.

“Na verdade, esse tem sido um caso na Fórmula 1 durante a maior parte dos muitos anos de existência que a gestão de combustível e de pneus tem sido um factor. Espero que o caso não seja tão dominante que possa adiar o espectáculo”, completou. Na época de 2014, o limite dos novos tanques é de 100 kg de combustível e tudo indica que as tácticas adoptadas por cada equipa vão continuar a ser fundamentais para definir os resultados das provas.