Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

America celebra primeira vitória

28 de Agosto, 2014

Fã de Kim Clijsters, Bellis disputa o US Open através de um convite da organização.

Fotografia: AFP

A norte-americana Catherine Bellis, de apenas 15 anos, foi a grande atracção do segundo dia do US Open ao derrotar a eslovaca Dominika Cibulkova na primeira jornada. Jogadora mais jovem a vencer uma partida no torneio desde Anna Kournikova em 1996, “CiCi” tem a supervisão do treinador brasileiro Léo Azevedo, que já trabalhou com Thomaz Bellucci.

“Eu cheguei ao jogo pensando que seria uma óptima experiência, mas nunca imaginava que venceria”, revelou Bellis. “Ainda estou sem palavras, em choque com o jogo. Queria jogar o melhor que podia e claramente isso aconteceu. Estou muito feliz”, acrescentou a jovem.

Bellis também garantiu que não se sentiu pressionada com a grande presença do público na sua partida. “Adoro quando as pessoas me assistem. É algo que me dá energia e me faz jogar melhor”, disse a novata. “Depois que eu estava 3/1 abaixo (no terceiro set), eu relaxei. Não importava se eu perdesse, porque ela era a favorita. Comecei a jogar mais solta e melhor”.

No entanto, Bellis quer um passo de cada vez e não pretende abandonar o juvenil agora. “Vou continuar como amadora agora para ainda ter a opção de ir à faculdade, em caso de alguma lesão. Mas adoraria ser profissional um dia”, contou.

Fã de Kim Clijsters, Bellis disputa o US Open através de um convite da organização. “É maluco pensar que estou aqui com todas essas pessoas. Nunca imaginei que dividiria quadra de treino com alguém que vejo na TV sempre”, completou Bellis, que pega a cazaque Zarina Diyas na segunda rodada.