Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Amigos da Picada promove imagem de Angola

06 de Junho, 2017

O presidente dos Amigos da Picada, Lílio de Almeida,

Fotografia: Francisco Bernardo|Edições Novembro

Os Amigos da Picada foi criado há 11 anos,  é um grupo composto por 198 membros amantes do desporto motorizado, promove a imagem de Angola no exterior em vários domínios, com a realização de tours internacionais por estrada, depois da conquista da paz no país, a 4 de Abril de 2002.O presidente dos Amigos da Picada, Lílio de Almeida, disse em entrevista exclusiva ao Jornal dos Desportos que a ideia da criação da organização que dirige, surgiu de um grupo de indivíduos amantes da moto que resolveram unir-se num projecto de divulgação da imagem de Angola, e de troca de experiências culturais entre os povos, após o fim do conflito armado.

\"O primeiro tour, que caracterizou o início das actividades dos Amigos da Picada, aconteceu em 2006, numa altura, em que as estradas de Angola estavam bastante degradadas. Neste evento, fizemos uma ligação de Luanda a Oshakati (Namíbia). Daí para cá, realizamos 11 viagens internacionais que levaram os membros a conhecerem 11 países africanos, nomeadamente, Namíbia, África do Sul, Botswana, Moçambique, Zâmbia, Zimbabwe, Tanzânia, RDC, Congo Brazaville, Gabão, Guiné Equatorial e o Estado de Zanzibar\", disse.

Lílio de Almeida referiu que a par de tours internacionais, os Amigos da Picada  realizam dentro do país actividades turistico- desportivo denominada \"Raid-Angola\", que visam dar a conhecer os usos e costumes dos habitantes de várias localidades de Angola.\"Já realizamos vários tours dentro do país. Desde 2009 que começamos a ter um programa de actividades anuais aos fins de semana, num total de 11 viagens, que designamos por Raid-Angola.

Este ano, vamos realizar de 2 a 11 de Novembro, um tour interno por estrada para saudar a data da Independência, que vai culminar em Cabinda. A partir de 7 a 21 deste mês, vamos realizar um Raid Internacional para saudar os 15 anos de paz definitiva em Angola, num percurso de 9.000 quilómetros, em cinco países africanos, nomeadamente Namíbia, África do Sul, Botswana, Moçambique, Swazilândia e possivelmente o Lesotho\", referiu.