Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Ana Nóbrega conquista dois ouros

Rosa Panzo - 28 de Abril, 2013

Natação angolana está com bons índices na prova africana na Zâmbia

Fotografia: Jornal dos Desportos

A nadadora angolana Ana Nóbrega conquistou duas medalhas de ouro na prova da segunda jornada do Campeonato da Zona III e IV, que encerra hoje em Lusaka, capital da Zâmbia.
Na disputa dos 200 metros livres, Ana Nóbrega dominou a prova, com o tempo de 2min17s19, ao passo que na prova de 50m mariposa, a angolana subiu ao pódio com a marca de 30s14.
Com estas marcas, Ana Nóbrega, que milita no Clube Vila Real de Portugal, estabeleceu novas marcas nacionais na categoria sénior absoluto.
Na prova dos 4x100 livres, os atletas Carlos Alberto, Paulo Rebelo, João Aguiar e Dinis Cruz quedaram-se no quarto lugar da tabela classificativa, com o tempo de 3min43s53.

Na lista dos destacados do zonal constam ainda os nadadores Henrique Mascarenhas, com o tempo de 44s32 e Elmano Chagas, que na série dos 800 m livres ficou em 11º com a marca de 11min19s51.
A professora Maria Andrade, das Escolas de Formação do 1º de Agosto, disse ontem ao Jornal dos Desportos que a conquista de medalhas no campeonato da zona III e IV é fruto de um grande trabalho.
“Devo dizer que nessas provas estão a competir as grandes feras da natação da zona, mas os angolanos estão a competir de igual para igual e, em algumas situações, a tirar-lhes o pódio”, argumentou.

Maria Andrade acrescentou que tudo isso é o reconhecimento do trabalho feito pelos atletas.
“É bom saber que o trabalho que temos feito com estes atletas está a dar frutos nas competições internacionais, porque a conquista dessas medalhas é benéfica para o engrandecimento da natação”, disse.
Maria Andrade não encarou a conquista das medalhas com grande surpresa, “porque de um tempo a esta parte, as manas Nóbrega, Maria Cipcic e Yara Lima, Carlos Alberto João Aguiar e outros atletas estão a despontar em competições internas e internacionais”.

“No zonal, eles souberam colocar todo o profissionalismo e determinação em prática, daí os resultados que nos orgulham”, comentou a professora.
A selecção nacional volta hoje à piscina para disputar a última prova do zonal.


Nicholas Santos
bate Cesar Cielo

O nadador brasileiro Nicholas Santos superou o compatriota e campeão mundial César Cielo na prova de 50 metros mariposa e qualificou-se para o campeonato do mundo dos Desportos Aquáticos a realizar-se em Barcelona, de 24 de Julho a 4 de Agosto.
A disputa entre os dois nadadores foi emocionante e ganhou destaque na imprensa internacional. Nicholas Santos venceu a prova com o tempo de 23s05, enquanto Cesar Cielo foi o segundo com 23s16.
Com a missão de defender o título em Barcelona, Cielo alegou que não fez um bom início de prova. Desta forma, o nadador espera melhorar o seu aproveitamento para a competição mundial e chegar forte para a disputa. O brasileiro também não deixou de dar parabéns a Nicholas Santos pelo ouro.

“Foi uma prova boa. A partida matou-me de novo. Saí bem atrás do Nicholas e cheguei bem pertinho. Estou a ver uma janela para melhorar durante o Mundial”, disse.
O campeão mundial assegurou que “pode tirar uns dois ou três décimos de segundo nos primeiros 15 metros”.
“Tirando dois ou três décimos, é bem empolgante imaginar o que se pode projectar para o Mundial. Estou feliz pelo Nicholas”, disse Cielo.
Nicholas Santos foi o 14º nadador brasileiro a garantir a vaga no Mundial de Barcelona através do Troféu Maria Lenk.
Outro brasileiro, Henrique Rodrigues, conseguiu o índice nos 200m medley e fez o sétimo melhor tempo do ano no ranking mundial.