Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Andr Fidel faz balano positivo da modalidade na provncia do Zaire

Rosa Napoleo - 01 de Abril, 2013

Massificao, pode atingir num futuro prximo nveis superiores.

Fotografia: Jornal dos Desportos

O director para a área desportiva da Federação Angolana de Karaté-dó, André Fidel, garantiu ontem em declarações ao Jornal dos Desportos que o karaté no Soyo está a crescer e se houver mais actividades de massificação a nível da modalidade, esta poderá atingir num futuro próximo níveis superiores.

O dirigente passou por aquela localidade com a missão de inspeccionar e organizar algumas actividades, não somente no karaté mas também na capoeira, judo e algumas danças para animação dos presentes.

André Fidel reconheceu que tudo isso só foi possível graças à colaboração do governo da província, que se mostrou disposto a ajudar.
O  dirigente referiu que o objectivo que o levou àquela província foi cumprido. “Queremos dinamizar e massificar a prática destas artes na região, partindo dos escalões mais baixos. Queremos despertar na juventude o gosto pelas artes marciais, porque temos visto pouca adesão da mocidade nestas práticas. O trabalho está a ser possível graças à ajuda dos responsáveis do karaté, assim como do próprio governo da província. Eu pessoalmente estou a trabalhar com uma média de 20 crianças nas modalidades de Karaté, Capoeira e Judo.”

Além dos treinos, André Fidel referiu que trabalhou também na formação de monitores que vão ficar com a missão de orientar os miúdos na ausência da comitiva.
“O refrescamento dos monitores está a decorrer da melhor maneira, todos os dias nós reservamos algumas horas para nos dedicarmos a isso mesmo. Os participantes estão apreensivos e demonstraram interesse pelas lições que foram ministradas por mim. Penso que se queremos bons atletas no futuro devemos preocupar-nos, com os responsáveis, pela formação deles e, verdade se diga, temos cá na província muita carência de monitores devidamente habilitados”, referiu.
André Fidel realçou que todo este empenho serviu de preparação para as actividades que levam a cabo no próximo dia 5 em comemoração da cidade do Soyo. “Nós já programámos a realização de uma actividade pública com as modalidades de artes marciais em que estarão a realizar vários exercícios de demonstrações infantis e outras. Iremos também aproveitar a altura para entrega dos certificados aos monitores que concluírem a formação.”

A agremiação das artes marciais na província do Soyo denomina-se “Ndozi Budokan-IAMAS” (Instituto de Artes Marciais Afins). A associação tem como responsabilidade a fiscalização e mobilização de todas as modalidades de artes marciais existentes na província. A junção das diversas práticas como o karaté, judo, lutas e a capoeira surge em função de cada uma delas possuir um número bastante reduzido de atletas. A instituição trabalha em parceria com as direcções das escolas públicas e privadas e tem contribuído na dinamização do desporto escolar.
               Rosa Napoleão