Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Andy Murray em dúvida

17 de Dezembro, 2015

Finalista do Grand Slam em 2015 o vice-líder do ranking da ATP deve ficar fora da competição até Fevereiro de 2016

Fotografia: AFP

O escocês Andy Murray é dúvida para a disputa do Open da Austrália de 2016. Finalista do Grand Slam em 2015, o vice -líder do ranking da ATP deve ficar fora da competição por forma a acompanhar o nascimento do primeiro filho em Fevereiro. Em entrevista ao jornal britânico, disse que acompanhar o parto do filho "é obviamente importante", e não vai hesitar em abandonar a Austrália se necessário. "Quero assegurar que estou lá o máximo possível para ajudar. Quero estar lá para o que for preciso", declarou.

Andy Murray casou-se  com Kim Sears, filha do técnico Nigel Sears, em Abril de 2015. Em Agosto, o casal anunciou a gravidez do filho, previsto para o começo de Fevereiro. Como o Open da Austrália é disputado na segunda quinzena de Janeiro, ia atrapalhar a programação do casal.A gravidez da mulher tem alterado até aqui a rotina de Murray. Ao fim da temporada, o número 2 do mundo costuma treinar em Miami, mas em 2015 o local escolhido para a pós-temporada foi Dubai. O motivo: a escala de voos.

"Kim já está a gravidez muito avançada. É mais fácil voltar daqui (de Dubai). Todos os voos saem de Miami à noite, enquanto daqui é possível voar durante o dia todo", explicou.Entretanto, a primeira aparição de Andy Murray na edição 2015 da International Premier Tennis League (IPTL), não podia ser melhor. O número 2 do mundo foi fundamental na vitória dos Singapore Slammers contra os UAE Royals por 27 - 24 em quase 3 horas de confronto. Murray derrotou Roger Federer em simples e foi decisivo nas duplas masculinas.

Com a vitória, os Slammers continuam na segunda posição da liga com cinco vitórias e três derrotas e 51,3 por cento em aproveitamento de serviço. Eles distanciam-se de Royals com 3-5 e 49,1 por cento e Philippine Mavericks com 5- 4 e 47,8 por cento. Os líderes são os Indian Aces com 8-1 e 58,4 por cento nos serviços, enquanto os Japan Warriors seguram a lanterna com 1-8 e 44,8 por cento no aproveitamento de serviços.

A estreia na liga asiática também marcou a volta de Amelie Mauresmo ao banco de Murray. A ex -número 1 do ranking feminino, que integra a equipa do britânico desde Junho do ano passado, esteve afastada durante o segundo semestre por causa dos meses finais de gravidez e do nascimento do primeiro filho. Além de Mauresmo, o preparador físico Matt Little também foi a Dubai.

HOMENAGEM
Guga relembra conquista do Prémio Brasil’2000

Premiado com o troféu Adhemar Ferreira da Silva, que homenageia atletas  aposentados, o tenista Gustavo Kuerten  emocionou-se diante dos microfones na cerimónia do Prémio Brasil Olímpico, no Rio de Janeiro, na noite de terça-feira. Ao  dirigir-se à plateia, composta por atletas olímpicos que vão representar o Brasil nos Jogos de 2016, o catarinense compartilhou a própria experiência com o evento.“Em 2000 recebi o prémio de melhor atleta brasileiro.

REVISTA
Serena Williams eleita desportista do ano


O ano de 2015 está chegar ao fim, mas Serena Williams não se cansa de coleccionar grandes feitos, na carreira. Na terça-feira, a tenista ganhou o troféu de “desportista do ano,” pela revista Sports Illustrated em cerimónia realizada em Nova York.O evento contou com diversas personalidades do desporto, incluindo a irmã de Serena, Venus Williams, que foi a responsável por premiá-la na festa.

Esta temporada foi uma das melhores da carreira de Serena. Actual número um do mundo, ganhou três dos quatro Grand Slams do ano, perdeu apenas o Open dos Estados Unidos.Serena Williams não competiu no WTA Finals, em Singapura, torneio que reúne as oito tenistas mais bem colocadas. A actual número um do mundo antecipou as férias e deve regressar com tudo em 2016, ano que pode ter pela frente, além do calendário da ATP, as Olimpíadas do Rio de Janeiro.