Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Andy Murray "Sir"

01 de Janeiro, 2017

Andy foi condecorado pela Rainha Elizabeth II pelos seus feitos no desporto

Fotografia: AFP

Primeiro britânico a atingir o topo do ranking do tênis mundial, o tenista Andy Murray poderá ser chamado de “Sir” a partir de 2017. O escocês recebeu a honraria de Cavaleiro Comandante da Ordem do Império Britânico, um dos títulos concedidos pela Rainha Elizabeth II a personalidades de destaque do Reino Unido ao final de cada ano.

Aos 29 anos, Murray torna-se a pessoa mais jovem na história moderna a receber a condecoração. Segundo a Coroa britânica, o escocês mereceu a honraria não só por seus feitos no desporto, mas também por seu trabalho de caridade como embaixador da Unicef e de outras organizações.

Dentro de quadra, Murray ultrapassou Novak Djokovic no ranking da ATP após chegar à final do Masters 1000 de Paris, em novembro. Durante a temporada, ele chegou a três finais de Grand Slam, conquistando o título em Wimbledon. O escocês também conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio, chegando a um inédito bicampeonato olímpico.

Outros atletas também receberam títulos concedidos pelo Império Britânico, como o fundista Mo Farah. Nascido na Somália, ele foi um dos grandes nomes da Grã-Bretanha nas Olimpíadas, levando dois ouros, nos 5.000 e nos 10.000 metros rasos.