Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Angola conhece adversário

05 de Julho, 2012

Combinado nacional aguarda ansioso pelo desfecho do sorteio para conhecer o adversário.

Fotografia: Jornal dos Desportos

Os Palancas Negras conhecem hoje o seu adversário da última eliminatória de acesso à fase de grupos de apuramento para o CAN do próximo ano na África do Sul. O órgão máximo do futebol africano informa que a Zâmbia, detentora do título, faz parte dos países cabeças-de-śerie para os jogos da primeira e segunda-mãos previstos para 7 e 9 de Setembro e 12 e 14 de Outubro. Argélia, Angola, Burkina Faso, Camarões, Guiné Equatorial, Gabão, Ghana, Guiné, Costa do Marfim, Mali, Nigéria, Sudão, Tunísia, Zâmbia e Egipto ou Marrocos são outros cabeças-de-série que em função disto não poderão jogar entre si.

As outras equipas em competição são Botswana, Cabo Verde, a República Democrática do Congo, Etiópia, Libéria, Líbia, Malawi, Moçambique, Níger, Senegal, Serra Leoa, Togo, Uganda, Zimbabwe e Marrocos ou  República Centro Africana. A grande surpresa neste lote é a República Centro-Africana, que venceu o Egipto, sete vezes campeã africana, por 3-2 no termo de um jogo da primeira volta estando a partida da segunda-mão prevista para 30 de Junho em Bangui.

O CAN’2013 disputa-se no período entre 19 de Janeiro a 10 de Fevereiro nos estádios Soccer City em Joanesburgo, Moise Mabhiba Stadium em Durban, Royal Bafoken Sport Palace em Rustenburg, Mbombela Stadium em Nelspruit e Nelson Mandela Bay Stadium em Port Elizabeth.


Ranking da FIFA
A selecção nacional de futebol desceu dois lugares no Ranking da FIFA actualizado hoje, ocupando agora a 86ª posição, com 407 pontos, num grupo onde a Espanha, campeã do mundo e europeia, lidera, com 1691.  No mês de Junho, os Palancas Negras estavam no 84º lugar. O Ranking africano é liderado pela Costa do Marfim, com 939 pontos, enquanto a campeã de África, Zâmbia, é sexta, com 648 pontos. O segundo melhor lusófono é Moçambique, com 316 pontos, na posição 107ª. O Brasil saiu do grupo dos dez primeiros classificados do Ranking, estando agora na 11ª posição, com 1012 pontos, seis lugares abaixo da posição anterior.

SORTEIO
Tomás Faria antevê adversários
ao alcance da Selecção Nacional


O vice-presidente para o futebol do Petro de Luanda, Tomás Faria disse ontem, ao Jornal dos Desportos, acreditar na possibilidade dos Palancas Negras se apurarem para o CAN 2013, na África do Sul, pois antevê adversários ao seu alcance, no sorteio desta tarde. Apesar do seu optimismo o dirigente tricolor apela para a cautela no sentido de se evitar exigir resultados imediatistas tendo em conta a renovação da selecção nacional levada a cabo nesta fase pela FAF.

“Penso que não se espera que Angola venha a calhar com as selecções fortes do Norte de África, estamos a renovar a nossa selecção, mas se não nos apurarmos também não vamos perder muito, porque temos de deixar de pensar no imediatismo, mas numa selecção para os próximos quatro anos”, considerou o homem forte do futebol petrolífero, acrescentando que “temos conjunto para chegarmos ao CAN, mas tudo depende do que foi traçado pela federação ou pelo Executivo. Acredito que mesmo com as dificuldades de quem está a renovar a equipa, podemos chegar lá”, avaliou.

De acordo com Tomás Faria falta alguma experiência aos Palancas Negras, própria deste processo de renovação, situação que ficou visível na jornada inaugural das eliminatórias de acesso ao Mundial/2014, no Brasil. “No nosso primeiro jogo com o Uganda, qualificativo para o Mundial, foi claro que faltou experiência. Não vamos exigir as duas coisas: renovação e resultados. Devemos olhar para os frutos do trabalho de renovação que está a ser feito”, disse o dirigente que responde pelo futebol no clube tricolor.

Tomás Faria explicou a sua confiança na selecção nacional apesar das fortes selecções africanas do Magrebe, mas sustenta que pode haver surpresas.
“Felizmente, cada vez mais começa haver equilíbrios no futebol africano, apesar das fortes selecções do Norte de África, nomeadamente o Egipto, Tunísia, Marrocos e Argélia, mas também existem surpresas”.    Jorge Neto 

As outras selecções já estão a organizar-se e não sei se o que aconteceu com o Egipto, no apuramento passado, foi reflexo do que aconteceu naquele país ou se foi devido à competitividade das outras selecções”, concluiu o dirigente tricolor.


SUB-20
Técnico anula jogo de treino
com juniores do 1º de Agosto

Contrariamente ao previsto, a Selecção Nacional de Sub-20 já não defronta esta manhã os juniores do 1º de Agosto, anunciou o “Jornal de Angola” na sua edição de ontem. De acordo com aquele diário, o técnico André Nzuzi, treinador interino, anulou o jogo de treino, devido à interdição do recinto desportivo do Estádio da Cidadela para a montagem do palco de um espectáculo musical. Os Palanquinhas preparam-se para o desafio diante da selecção do Zimbabwe no dia 29, no estádio de relva sintética, na cidade de Harare, em jogo referente à primeira mão da eliminatória de apuramento para a fase final do Campeonato Africano das Nações (CAN), na Argélia’2013.

A selecção volta a trabalhar esta manhã, às 7h30, no estádio dos Coqueiros, com a preparação virada para as correcções das transições do sector intermédio para as acções ofensivas, os movimentos defensivos e ofensivos. Para a adaptação ao piso sintético do Rufaro Stadium, o corpo técnico da selecção agendou para as próximas semanas alguns jogos de preparação com as equipas da Academia de Futebol de Angola (AFA), ASA, Petro de Luanda e Progresso do Sambizanga que possuem pisos idênticos dos adversários. A partida da segunda mão está aprazada para o próximo dia 12 de Agosto, no Estádio Nacional 11 de Novembro, em Luanda.

Ontem, na primeira parte da sessão de treino, no estádio da Cidadela, Nzuzi recuperou os atletas e depois seguiram-se os trabalhos de passe, recepção e a circulação de bola para minorar os aspectos técnicos. Depois da ausência do grosso dos atletas no treino de segunda-feira, André Nzuzi contou já com a maioria dos jogadores. O guarda-redes José, do Petro de Luanda, está a trabalhar com algumas limitações devido ao problema no dedo da mão esquerda.

TREINADOR
Gustavo Ferim sucede a Filemon

A Federação Angolana de Futebol (FAF) apresenta nos próximos dias o treinador uruguaio Gustavo Ferim, como substituto de Romeu Filemon no comando dos Palancas Negras, segundo informação avançada ao Jornal dos Desportos por uma fonte próxima daquele organismo. De 53 anos, Gustavo Ferim é caracterizado como um treinador de formação, sendo que no seu palmarés constam passagens pelas camadas jovens do seu país, embora tivesse orientado igualmente a selecção principal do Peru até este ano, de acordo com informações disponíveis no site zerozero.pt.

Entre 2006 e 2008, Gustavo Ferim orientou a Selecção de Sub-20 do Uruguai, transferiu-se depois para o Sport Áncash e no mesmo ano mudou-se para o Defensor Sporting. A fonte  do Jornal dos Desportos não avançou por quanto tempo fica ligado à Federação Angolana de Futebol, nem o dia preciso em que vai ser apresentado publicamente, mas garante ser ainda este mês. Os Palancas Negras devem conhecer esta quinta-feira o seu adversário na corrida para a Taça das Nações Africanas de 2013, que se disputa na África do Sul.

Esta edição do CAN é considerada como sendo de transição, uma vez que a partir dessa época a competição passa a ser jogada nos anos ímpares.
Os Palancas Negras não cruzam com a Nigéria, Camarões, Costa do Marfim e outros colossos africanos presentes no CAN do Gabão e da Guiné Equatorial. Mas podem enfrentar o Congo Democrático, Uganda, Cabo Verde, Moçambique, Togo ou Uganda, selecções apontadas como cabeças-de-série na eliminatória decisiva para a fase de grupos da prova.  Mário Eugénio