Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Angola e Gana procuram pontos

Álvaro Alexandre - 04 de Agosto, 2014

A Selecção Nacional masculina procura hoje, às 14h00, na cidade Tromso, na Noruega, a primeira vitória na 41ª edição da Olimpíadas Xadrez de 2014. Angola enfrenta no 156º tabuleiro o Gana, em partida da segunda jornada. O seleccionador nacional, Tito Martins, mantém a equipa que utilizou na primeira jornada diante da Polónia.

A jogar de peças negras, o Mestre Fide (MF) Eduardo Pascoal, MF Catarino Domingos, Mestre Internacional (MI) Amorim Agnelo e Candidato a Mestre (CM) João Simões têm a missão de travar o ataque dos ganenses John Kojo Hasford, Francis Eric Anquandah, Richard Gabah e Edward Nii Lamptey Thompson. O conjunto africano também perdeu na jornada inaugural diante dos Estados Unidos da América, por 0-4.

Noutras partidas, a Rússia mantém-se no primeiro tabuleiro e defronta a selecção do Qatar.  O laboratório da comunidade russa é administrado pelos Grandes Mestres (GM) Vladimir Kramnik, Alexander Grischuk, Sergey Karjakin e Ian Nepomniachtchi. O Qatar tenta contrariar o favoritismo dos russos com o GM Mohamad Al-Modiahki, GM Chen Zhu, MI Husein Aziz Nezad e MI Hamad Al-Tamimi.

As atenções também se viram para as partidas que vão opor a Noruega II à Ucrânia, Finlândia à Noruega I, França à Mongólia, Austrália à Arménia, Hungria à Venezuela, Colômbia aos Estados Unidos da América,  China à Albânia, Escócia ao Azerbaijão, Israel ao Tajiquistão, Singapura à Inglaterra, Holanda ao Equador, Noruega III à Alemanha, Cuba a Portugal e Polónia à Nova Zelândia.

ANGOLANOS PERDEM
DIANTE DOS POLACOS

A Selecção Nacional masculina perdeu na primeira jornada da 41ª edição da Olimpíadas de 2014, por 0-4 diante da Polónia. O quarteto composto pelos MF Eduardo Pascoal, MF Catarino Domingos, MI Amorim Agnelo e CMestre João Simões foi incapaz de superar GM Grzegorz Gajewsk, GM Jan-Krzysztof Duda, GM Mateusz Bartel e GM Bartosz Socko.

As grandes selecções cumpriram com a missão na primeira inaugural. Os representantes do bloco de elite trataram de vencer os adversários.
A Rússia derrotou a Jordânia por 4-0; a Ucrânia venceu a Tunísia por 4-0;  Noruega ganhou ao Iémen por 2,5-1,5; a França despachou a Zâmbia por 4-0; a Arménia venceu o Japão por 4-0; Hungria derrotou Argélia por 4-0;  Estados Unidos América ganhou ao Uganda por 4-0; a China derrotou a Guatemala por 4-0; Israel venceu Kyrgyzstão por 4-0; e a Inglaterra venceu a País de Gales por 4-0.

EM FEMININO
Barbados recebe visita de Angola


A selecção dos Barbados recebe hoje, às 14h00, na centésima décima segunda mesa, a representação angolana, na partida correspondente à segunda jornada da 41ª edição das Olimpíadas de Xadrez de 2014, que decorre na cidade norueguesa de Tromso. As duas equipas desconhecidas defrontam-se entre si na condição de derrotadas da primeira jornada da prova. Barbados perdeu com a Itália por 0-4, o mesmo resultado de Angola com a Polónia.

No emparceiramento das equipas, no tabuleiro um a Candidata a Mestre (CM) Katrina Blackman (Barbados) joga com a Mestre Internacional (MI) Esperança Caxita (Angola), Donna Murray (Barbados) enfrenta Maria Domingos (Angola), CM Sheena    Ramsay (Barbados) joga com Delfina João e Lydia Nurse (Barbados) defronta Luzia Pires (Angola).

As partidas de destaque da jornada envolvem as selecções da China contra a Venezuela, Equador contra Noruega, Brasil contra a Rússia, Ucrânia contra Austrália, Montenegro contra a Geórgia, Índia contra a Dinamarca, Estados Unidos da América contra a Bélgica, Bangladesh contra Arménia, Egipto contra Alemanha, Hungria contra Líbano e Noruega II contra a Bulgária.

ATLETAS DA BÓSNIA
SUPERAM NACIONAIS

A Selecção Nacional encontrou dificuldades para anular a estratégia da Bósnia Herzegovina na partida inaugural das Olimpíadas que decorrem na cidade norueguesa de Tromso. Durante quatro horas de jogo, as angolanas perderam-se a meio das partidas. Delfina João foi a única que complicou a MF Dijana Dengler. Sem saída para mais, as duas declararam empate.

Noutros tabuleiros, a MI Esperança Caxito perdeu diante da MF Aleksandra Dimitrijevic, Maria Domingos perder com MI Elena Boric e Luzia Pires, com Sara Jacimovic.

Entre as favoritas, a Rússia venceu a Jordânia por 4-0; Noruega derrotou a Coreia do Norte por 3-1; Ucrânia venceu Luxemburgo por 4-0; Geórgia derrotou Kyrgyzstão por 4-0 e Índia derrotou a Nova Zelândia por 4-0; Roménia venceu Paraguai por 3,5-0,5; Estados Unidos da América ganhou a Finlândia por 4-0; Polónia venceu a Argélia por 3,5-0,5; França venceu a Malásia por 3,5-0,5 e Arménia derrotou a Guatemala, por  4-0.
ÁLVARIO ALEXANDRE