Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Angola e Índia disputam ouro

Alvaro Alexandre, Goa - 27 de Janeiro, 2014

Angola para ganhar com facilidade os indianos tem de melhorar fundamentalmente a sua defesa.

Fotografia: Jornal dos Desportos

A Selecção Nacional masculina de sub-23 disputa hoje, a partir das 18 horas, no Complexo Desportivo de Goa, a final do torneio de basquetebol dos III Jogos da Lusofonia, diante da selecção  da Índia.

Manuel Sousa «Necas», técnico da selecção nacional de sub-23, tem  uma soberana oportunidade de desforrar-se da derrota sofrida na sexta-feira, no Complexo Desportivo University de Goa, por 75-78.

Angola para ganhar  com facilidade os indianos tem de melhorar fundamentalmente a sua defesa.
Na final, Necas vai utilizar os seguintes basquetebolistas: Edson Ndoniema, Braúlio Morais, Antonio Matuchape, Edson Hilulua, Hermenegildo Santos, Johne Pedro, Edmir Lucas, Antonio Monteiro, André Miguel, Islando  Manuel, Yuri Suinge e Mutau Fonseca.

O seu homologo da India tambem vai utilizar o mesmo 12 que derrotou os angolanos na fase de grupos. Samhaji  Kadam, Narender, Daley Fernandes, Lambert Godinho, Prattam Singh, Joginder Singh, Amjyot Singh, Yadwinder Singh e Rikin Pethani.

Em feminino, Angola e Mocambique decidem hoje, às 15 horas, o título do torneio de basquetebol dos III Jogos da Lusofonia. As duas formações estao igualadas em termos de vitórias. Cada conquistou duas em tres partidas disputadas.

As meninas de Elisa Pires venceram a India, por 66-54. As mocambicanas venceram tambem na anterior jornada as indianas, por  92-46.
Alvaro Alexandre, Goa.


ATLETISMO
Angolanos participam na marcha de 10 km


Os fundistas Ernestina Paulino, Francisco Caluvi e Alexandre Joao, todos da Selecção Nacional, são apostas do seleccionador angolano, Augusto Seco, na marcha de 10 km, prova que se disputa hoje às 7 horas, nas principais avenidas da cidade de Goa, capital dos III Jogos da Lusofonia.

A tripla preparada pelo técnico Augusto Seco vai fazer uso dos seus recursos para arrancar uma medalha na prova de fundo dos III Jogos da Lusofonia. As  autoridades do Estado de Goa escolheram a  Avenida da Marginal para o ponto de partida. Ernestina Paulino, Francisco Caluvi e Alexandre João, três fundistas estão prontos para «esticar» nos 10 km.

A Felismina Cavela, que conquistou a última medalha de ouro, não está convocada para disputar a corrida. A competição de fundo vai contar com mais de três dezenas de fundistas. A disputa vai ser travada entre os representantes da Índia, Macau, Sri Lanka.
Alvaro Alexandre, Goa


Júnior etíope bate recorde

Um desconhecido etíope, de 18 anos, estreou-se ontem na Maratona do Dubai e logo com uma vitória, um recorde mundial júnior (2h 04m 32s) e... 200 mil dólares de prémio. Chama-se Tsegaye Mekonnen, passou à meia maratona (integrado ainda num grupo de 15 atletas) em andamento de recorde mundial (1.01.39) e, no final, deixava o segundo classificado, o seu compatriota Markos Geneti, a largos 41 segundos.

Os atletas etíopes dominaram por completo, ocupando todas as cinco primeiras posições masculinas (e oito das dez primeiras) e nove femininas. A vencedora foi Mula Seboka, em 2.25.01.