Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Angola em Welvis Bay sem ambio

02 de Outubro, 2014

Alexandre Joo vai procurar dignificar a imagem de Angola e melhorar a classificao obtida na edio passada nas Ilhas Comores

Fotografia: Jornal dos Desportos

A Selecção Nacional de atletismo viaja hoje para a Namíbia, onde no próximo sábado participa na região de Welvis Bay, na meia maratona regional da SADC. Carlos Rosa, presidente da Federação Angolana de Atletismo espera que os atletas cumpram com o objectivo definido:melhoria das marcas pessoais.“Não temos marcas que nos permitem grandes ambições. Por isso, esperamos que os nossos atletas melhorem as marcas pessoais”, disse.Representam Angola, os melhores atletas saídos da meia maratona internacional Cidade de Luanda, disputada no princípio do mês de Setembro.

Na classe masculina foram seleccionados Alexandre João, melhor angolano da prova com o tempo de 1h05min54s e Rafael Epesse, que cronometrou 1h08min01s , foi o segundo melhor angolano. No sector feminino vai Ernestina Paulino, que correu a prova internacional de Luanda em 1h19min50s. Josefina Baptista, a segunda melhor, perde esta competição por se encontrar adoentada, conforme apuramos.Na edição de 2013 da meia maratona regional, disputada nas Ilhas Comores, Alexandre João logrou o segundo lugar, a dois minutos do tanzaniano Huche Stephano.

O vencedor da edição passada, mais o malgaxe Fugence Rakotondrasoa, a par do angolano, podem ser os principais animadores da corrida.Há um instrutivo da Confederação Africana de Atletismo que solicita aos países da zona  fazerem esforços para participar nas competições regionais. Com as presenças no campeonato regional de meia maratona de Welvis Bay, os três fundistas angolanos perdem a possibilidade de correr no Grande Prémio Emaxicon, a segunda prova do calendário da Federação Angolana de Atletismo, que se disputa no próximo sábado, em Luanda.

GP Emaxicom
Prova  das Forças Armadas é este sábado


A Federação Angolana de Atletismo (FAA) realiza no próximo sábado, às 7h30 em Luanda, a terceira edição da prova pedestre denominada Grande Prémio Emaxicom, nas classes masculina e feminina.A prova organizada pela FAA, em parceria com a empresa Emaxicom, vai contar com a participação de atletas em quatro categorias, mormente, federados, deficientes, populares e veteranos.Com uma extensão de dez quilómetros, o ponto de partida vai ser nas instalações da Emaxicon, na Avenida Hoji ya Henda, no município do Sambizanga e o término no portão do Mausoléu, memorial António Agostinho Neto, à Samba.

O certame desportivo visa continuar a estreitar relações entre a Federação Angolana de Atletismo e a Emaxicon, assim como observar os melhores atletas e incentivar a prática da modalidade em Luanda. Quanto aos prémios, a organização do evento desportivo garantiu um milhão de kwanzas para as quatro categorias da prova.Na categoria de atletas federados, os prémios estão estipulados para os seis primeiros classificados, ao passo que para os atletas populares vão ser premiados os três primeiros, tal como aos atletas deficientes. Na categoria de atletas mais velhos, o prémio vai ser para os primeiros classificados.A organização está a criar condições necessárias para que se realize uma competição de alto nível e sem constrangimentos, de modo a que os participantes se sintam satisfeitos, segundo o director da prova, Augusto Ceveriano.