Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Angola estreia com vitória no torneio de Montreux

28 de Março, 2013

Antigo presidente da Associação Provincial de Motocross de Luanda esteve com a equipa antes do primeiro treino

Fotografia: Jornal dos Desportos

A participação na 65ª edição do Torneio de Montreux em hóquei em patins é uma soberana oportunidade para honrar e dignificar a bandeira e o nome de Angola, numa competição em que participam as melhores selecções do mundo, afirmou na terça-feira o embaixador do país na Suíça.

Osvaldo dos Santos Varela fez este pronunciamento durante uma visita ao combinado nacional, tendo pedido espírito de sacrifício aos atletas de modo que, no final, os resultados desportivos se traduzam em reconhecimento ao desenvolvimento em curso, após a paz definitiva alcançada a 4 de Abril de 2002. “Quando estiverem em campo dêem tudo de vós por se tratar também de uma oportunidade de se mostrarem ao mundo e, como a sorte acompanha os audazes, estou confiante”, frisou o diplomata acreditado na Suíça desde 2011.

A visita do antigo presidente da Associação Provincial de Motocross de Luanda ao combinado nacional, que entre 27 a 31 deste mês participa no também denominado Torneio da Páscoa, realizou-se antes do treino de reconhecimento ao recinto oficial dos jogos, o Pavilhão de Montreux.

A Selecção Nacional, que aproveita o evento para preparar o Campeonato do Mundo a disputar-se em Angola, obteve a quarta posição nas edições de 2009 e 2011, desde a primeira presença em 1982.

OBJECTIVO
Técnico quer equipa
entre os primeiros

O seleccionador nacional de hóquei em patins, Orlando Graça, reafirmou ontem o objectivo de ficar entre os quatros melhores no Torneio de Montreux, prova de preparação para o Mundial, que o país acolhe em Setembro próximo, nas cidades de Luanda e Namibe.

“Com a ausência da Argentina, todas as selecções são do nosso campeonato. Pelas nossas ambições, tentaremos ser bem sucedidos jogo após jogo”, frisou. 

O treinador considerou hoje, na Suíça, serem do nível competitivo de Angola todas as selecções participantes na 65ª edição do Torneio internacional de Montreux.

O treinador falava aos jornalistas presentes no palco do evento, em reacção a substituição da selecção da Argentina pela Alemanha no grupo (A) dos angolanos.

Além da vertente  desportiva, a prova tem carácter religioso, terminando dia 31 (domingo de Páscoa), data em que se celebra a ressurreição de Jesus Cristo.