Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Angola participa na "Odisseia Ranger" na Namíbia

23 de Julho, 2015

Concorrentes são avaliados por um painel de juízes segundo a resistência mental e física

Fotografia: Jornal dos Desportos

A piloto angolana Deborah Almeida inicia hoje, quinta-feira, no noroeste da Namíbia, a Odisseia Ranger2015 da Ford em automobilismo (4x4), após qualificação nos testes efectuados em Luanda e na África do Sul, respectivamente. A corredora nacional vai demonstrar a  capacidade e perícia ao volante diante de 20 representantes de Moçambique, África do Sul, Nigéria e Costa do Marfim, numa aventura de 12 dias, em percursos acidentados e de obstáculos. 

Deborah iniciou-se no karting com passagem por provas de Ralis e junta-se ao grupo de três participantes do sexo feminino que detém o maior número de condutores.  Após o apuramento no país, em Maio, a automobilista de 29 anos passou por outra prova eliminatória e um campo de treino, em Junho, na África do Sul. A Odisseia Ranger da Ford é vista como oportunidade, de uma experiência para conhecer o esplendor de uma das zonas mais remotas e desafiantes do continente africano, ao volante da viatura “pick-up Ford Ranger”. 

A odisseia inclui passagem por locais marcantes do Deserto da Namíbia, picadas montanhosa da região Khuwarib, pelas planícies do Gainas, visita a Palmwag (património da humanidade da UNESCO) e atravessar a pé o Monte de Brandberg, a dois mil e 500 metros de altitude.Os concorrentes vão ser avaliados por um painel de juízes, segundo a resistência mental e física, tendo em conta outros aspectos, como atitude geral, interacção com o grupo, capacidade de comunicação e liderança, montagem de acampamento e comportamento de uma forma geral. Uma novidade desta edição é a eliminação faseada dos dois concorrentes com pontuação mais baixa no quarto dia de competição, enquanto outras quatro vão sair após o oitavo dia.