Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Angola participa na reunião da FEI

Paulo Caculo - 31 de Outubro, 2013

Paulo Alexandre (ao centro) vai aproveitar a ida a Genebra para manter contactos com diferentes órgãos da Federação Internacional

Fotografia: José Soares

A direcção da Federação Equestre de Angola (FEQUANGOLA) foi convidada pela Federação Equestre Internacional (FEI) a participar na assembleia-geral da instituição, a realizar-se na sua sede, localizada em Genebra, no próximo dia 7 de Novembro, soube o Jornal dos Desportos de Paulo Alexandre, secretário-geral da Federação angolano.

Esta é a primeira presença da FEQUANGOLA à reunião magna do desporto hípico (cavalos) e marca o processo de concretização do sonho de internacionalização da modalidade. A Federação angolana deve estar representada em Genebra pelo secretário-geral e pelo vice-presidente, Ginga Almeida, que têm a missão de aproveitar a ocasião para, entre outros assuntos, apresentar a actual realidade da modalidade no país.

“A federação conseguiu cumprir com grande parte dos compromissos e é uma honra fazer parte da Assembleia da Federação Internacional”, adiantou Paulo Alexandre, que sublinhou ser esta uma das condições ‘sine qua non’ para que a federação seja admitida como membro da FEI e começar a competir a nível internacional”.

Antes de reunirem em assembleia, os representantes da FEQUANGOLA vão participar de uma reunião de países do grupo nove, que integra as federações africanas de desporto hípico. Este acto, também em Genebra, serve de antevisão a fundação da Federação Africana de Desporto Eqüestre. Chefiam o grupo africano as federações do Quénia e da África do Sul.

Ainda no palco da assembleia-geral da FEI, Paulo Alexandre e Ginga Alexandre realizam uma visita guiada às instalações da Federação Equestre Internacional e vão manter contactos com os seus órgãos sociais. No próximo dia 28 do corrente mês, Angola recebe a visita de uma delegação da Argentina, que vai aproveitar a presença no país, para trabalhar com a federação angolana na preparação dos projectos para exibição do primeiro Pólo no país e a criação da primeira equipa de Pólo em Angola.

A Federação procura apoios para a construção de um hipódromo nacional e centros hípicos nas restantes províncias. O órgão reitor da modalidade, tem como presidente da direcção José Alfredo “Ekuikui”, controla no país quatro mil cavalos. O Centro Hípico da Funda, localizado na fazenda Gimunalu, é o primeiro clube da modalidade no país.  Além do Centro Hípico da Funda, existem outros no Kikuxi, Polícia Montada, em Luanda, e na província do Huambo.