Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Angola promete executar o programa

lvaro Alexandre - 29 de Setembro, 2018

Organizar 50 por cento dos eventos internacionais juniores da ITTF, incluindo tambm uma competio para 40 por cento das Associaes Nacionais de Mesa.

Fotografia: Jornal dos Desportos

Angola está determinada em executar, sem reservas, o Plano Estratégico da Federação Internacional de Ténis de Mesa (ITTF)-2018/2024, com finalidade de  elevar o número e qualidade competitiva dos  praticantes no país e no mundo inteiro, segundo o documento orientador, produzido e discutido no Primeiro Fórum  Africano da modalidade, que se  realizou de 3 a 9 do mês em curso, na cidade costeira de Port Louis, nas Ilhas Maurícias.
A garantia foi dada pela presidente da Federação Angola de Ténis de Mesa, Antónia Ribeiro. \"Com os poucos meios e recursos disponíveis, temos de avançar com o projecto da ITTF, para não ficarmos atrás, visto que todos os que estiveram no fórum, estão decididos a implementá-lo\",  assegurou.
O programa, elaborado pelo órgão reitor da modalidade que está preocupado com o desenvolvimento e qualidade dos praticantes africanos, assenta em cinco prioridades estratégicas, nomeadamente, organização - governação, alto desempenho desenvolvimento, eventos internacionais, promoção e receita.
Relativamente ao alto desempenho e desenvolvimento, ressalta o envolvimento das federações continentais e o apoio às Associações nacionais, no desenvolvimento da próxima geração de tenistas de mesa e ténis de campo, por meio da inovação e da implementação de iniciativas de desenvolvimento para jogadores, treinadores, autoridades e administradores.
Recursos financeiros, aumentar a receita comercial para apoiar as prioridades estratégicas, sustentabilidade e crescimento da tabela nos níveis mundial, continental e nacional.
A presidente da FATM reforçou o seguinte: \"o êxito do projecto passa pela criação de uma organização com estruturas de tomada de decisão e políticas, criar um corpo administrativo central forte, com recursos suficientes para operar de forma eficaz e colaborar com as Federações Continentais e Associações Nacionais, agindo de forma transparente e com integridade\", realçou Antónia Ribeiro.

METAS
A Federação Internacional de Ténis de Mesa (ITTF) pretende atingir os seguintes objectivos:  2018 - Início de execução do Plano Estratégico; 2019 - Criação de dois Centros de Excelência e três Centros Continentais de Desenvolvimento.  2020 - Participar no Dia Mundial do Ténis de Mesa com 75 por cento das Associações Nacionais.
2021 - Gerenciar todo o suporte do ITTF, através de acordos individuais, com cada Federação Continental. 2022 - Construir três Centros de Excelência e seis Centros de Desenvolvimento Continental. 2024 -  Organizar 50 por cento dos eventos internacionais juniores da ITTF,  incluindo também uma competição para 40 por cento das Associações Nacionais de Mesa.
ÁA