Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Angola quer luta na CPLP

Valódia Kambata - 25 de Julho, 2014

Directores Nacionais debateram ontem as alterações dos regulamentos desportivos dos Jogos da Comunidade de Língua Portuguesa

Fotografia: José Cola

A introdução de um desporto de combate nos Jogos da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) domina hoje, às 10h00, na sala de reuniões do Estádio 11 de Novembro, a reunião dos Ministros dos Desportos que debate, entre outros assuntos, a alteração dos regulamentos desportivos. A proposta de Angola foi apresentada ontem na reunião de directores dos Desportos da comunidade, que decorreu no mesmo local.

O Director Nacional para a política desportiva, António Gomes, assegurou que Angola tem como "prioridade as modalidades individuais" e a introdução de um desporto de combate, como o judo, pode encontrar consenso entre os membros.

A discussão sobre a alteração dos regulamentos desportivos resulta de uma proposta apresentada por um dos membros e não houve consenso no final da reunião de directores. O debate volta hoje à mesa, mas dos ministros dos Desportos.

Outras questões debatidas no foro prendem-se com a cooperação entre os países membros, o intercâmbio na formação dos agentes desportivos, infra-estruturas, ética desportiva e medicina desportiva, no âmbito da melhoria dos sistemas desportivos.

A reunião dos directores dos Desportos da CPLP também serviu para a apresentação do logótipo, processo de inscrições e calendário de jogos.

A alteração de idades dos participantes também mereceu a atenção nos debates. Sobre o assunto, António Gomes defendeu que "o país organizador assume todas as despesas e é justo que se estabeleça periodicidade para algumas modalidades desportivas".

O responsável do Ministério da Juventude e Desportos de Angola justificou que a questão do género se deve ter em conta, porquanto "algumas modalidades desportivas são rotativas". O exemplo mais prático é o futebol, que era protegido. António Gomes realçou a necessidade de um "debate mais profundo" sobre o tema para que conste de um regulamento de consenso.

Os IX Jogos da CPLP comportam as modalidades de atletismo, basquetebol, futebol, voleibol de praia, andebol, ténis de campo, desporto adaptado, natação, judo e ténis de mesa.

A realização da competição em Luanda resulta da desistência de São Tomé e Príncipe. Integram os países da CPLP, Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, Timor-Leste, Portugal e Brasil.