Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Angolanas chegam hoje a Marrakesh

Silva Cacuti - 02 de Outubro, 2013

Prova arranca amanhã com presença das equipas do 1º de Agosto Petro de Luanda e Progresso do Sambizanga em Marrakesh

Fotografia: Nuno Flash

As equipas femininas do 1º de Agosto (campeão nacional), Petro de Luanda e do Progresso do Sambizanga são esperadas hoje na cidade marroquina de Marrakesh palco da 35ª edição da Taça dos Clubes Campeões Africanos de andebol.

As três formações angolanas estiveram a cumprir, estágios pré-competitivos na Europa com vista a melhor prestação.

As campeãs nacionais orientadas por João Florêncio estiveram a estagiar em Viena de Áustria. O Petro de Luanda vice-campeão estagiou em Paris ao passo que o Progresso do Sambizanga esteve a preparar-se sob a “batuta” de Armando Gumbe, em Madrid.

As equipas angolanas vão apresentar alterações nos referidos plantéis, comparadamente àqueles que disputaram o campeonato nacional.

No Petro de Luanda o realce vai para a saída de Bombo Calandula e a integração de Patrícia Barros. As petrolíferas tentaram sem sucesso a contratação da camaronesa Vanessa Nchouapouognigni que actua no FAP dos Camarões.

No 1º de Agosto ao que tudo indica Azenaide Carlos, que falhou a disputa do campeonato nacional, ainda não está totalmente recuperada e deve desfalcar o conjunto, mas Lurdes Monteiro, que pelos mesmos motivos não esteve no campeonato disputado em Benguela está disponível.

A formação do Progresso do Sambizanga traz de volta ao palco das competições africanas a veterana Ilda Bengue que aos 39 anos, depois de aposentada na selecção e no Petro de Luanda transmite experiência às jovens atletas da equipa do Sambizanga.

No combinado progressista que é comandado por Armando Gumbe, vai alinhar também Bombo Calandula, outra ex-petrolífera que no campeonato nacional alinhou pelo Petro.

As petrolíferas vão jogar a primeira fase da prova inseridas no grupo A, ao lado do Stade Mandji, do Gabão; Heritage, da RDC; Inter do Congo e Nairobi Waters, do Quénia.

O 1º de Agosto e o Progresso estão inseridos no grupo B, ao lado do Fap dos Camarões e do Desportivo ABC de Cabo Verde que, em princípio deve jogar com os préstimos de duas atletas angolanas, cedidas pelo 1º de Agosto.

MASCULINOS
1º de Agosto já está
no palco da competição


O 1º de Agosto único representante angolano na classe masculina está desde ontem na cidade de Marrakesh sede dos jogos.

Os militares conseguiram reforçar-se com Adelino Pestana “Amarelo” que esteve ligado ao Interclube por altura da disputa do campeonato nacional.
O 1º de Agosto vai jogar a primeira fase no grupo A, ao lado do JSK da RDC, Stade Mandji, do Gabão, e Meloudia de Marrocos.

No grupo B, jogam o FAP dos Camarões, Sporting Union, do Egipto; Al Jazeera da Líbia e Níger United da Nigéria.

No grupo C estão as equipas do Al Haly, Club Africain da Tunísia, Al Hilal da Líbia e Kano Pyramides da Nigéria.

O grupo D é composto pelas equipas do Esperance de Tunis, GSP da Argélia, Widade Samara de Marrocos, Sonabeldo do Burkina Faso e Warrios Club do Chade.

ANTÓNIO CUSTÓDIO
Dirigente valoriza preparação das equipas


A 35ª edição da Taça dos Clubes Campeões começa a ser disputada amanhã até 13 do corrente. A preparação feita pelas equipas angolanas dá indicadores de que o país pode esperar por bons resultados, de acordo com António Custódio “Mano”, presidente da Associação Provincial de Andebol de Luanda.

A delegação angolana em Marrakesh chefiada por Mano espera por surpresa no sector masculino, apesar de o único representante angolano não ter feito a preparação fora do país.

O responsável luandense enalteceu a entrada do Progresso do Sambizanga na prova e refere que gostava de chefiar uma delegação com equipas de outras províncias.

“Trabalho e conheço bem as equipas de Luanda, mas gostava que nesta missão estivessem também as de outras províncias, de Benguela, por exemplo porque nós somos uma potência do andebol e isto dava-me muita satisfação”, disse.

O responsável associativo está desde a manhã de ontem em Marrakesh onde está a averiguar as condições de acolhimento das equipas angolanas.
O Petro de Luanda é o detentor do título africano de clubes recorde-se ao passo que o Al ahli do Egipto é o campeão na classe masculina.SC