Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Angolano alcança quinto melhor tempo

Hélder Jeremias - 31 de Março, 2014

Performance do angolano pressagia bons resultados na época 2014

Fotografia: Reuters

O angolano Luís Sá Silva teve uma das mais brilhantes exibições durante os primeiros testes de pré-época de 2014 do campeonato de GP3 Euro Series, realizados na sexta-feira e no sábado, no circuito do Estoril, Portugal. O piloto da Carlin estabeleceu o quinto tempo mais rápido: 1min29s331.

Luís Sá Silva, que recebeu o voto de confiança da equipa inglesa para uma nova empreitada nos circuitos europeus, depois de no ano passado se ter estreado com bons indicadores técnicos, confirmou o seu potencial que visa a obtenção de resultados expressivos.

Apesar das difíceis condições climatéricas, Sá Silva efectuou uma trajectória irrepreensível.
Orientado pela equipa de técnicos liderada pelo português Nuno Pinto, a promessa do automobilismo nacional começou por encontrar dificuldades, quando a pista se encontrava molhada em consequência das chuvas.

Contra todas as expectativas, Luís Sá Silva surpreendeu pela positiva, quando chegou a ocupar o segundo lugar, altura em que fixou o tempo em menos de uma décima em relação ao piloto da Red Bull, Alex Lynn. O angolano não foi capaz de manter o ritmo e classificou-se na 13ª posição, com o tempo de 1min30s372. Na segunda fase da corrida, em que a pista já se encontrava seca, teve mais firmeza e terminou na quinta posição, com 1min29s331.

No final da prova, o angolano exteriorizou a sua felicidade: “Foi muito bom regressar ao trabalho e conseguir resultados tão positivos. Senti-me muito bem nos dois dias, com todos os tipos de pneus, apesar das condições climáticas muito complicadas”.
Sá Silva ressaltou que está satisfeito por conseguir ser consistente e rodar sempre nos primeiros lugares mesmo com tempo seco, sob chuva intensa e pista molhada e a secar. Tudo quanto fez resulta do trabalho de equipa.

Por seu turno, o treinador Nuno Pinto destacou a óptima consistência do piloto na primeira sessão que considera satisfatória. O técnico antevê um início auspicioso de época que vai exigir maior empenho na próxima sessão marcada para os dias 10 e 11 de Abril, no circuito de Jerez de la Frontera.
HJ