Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Angolanos afastados do pódio

Álvaro Alexandre - 01 de Julho, 2014

Atleta Cambando José falha o objectivo de integrar o grupo de mestres internacionais no Africano Individual do Zonal 4.3

Fotografia: Santos Pedro

Os representantes nacionais estão afastados da disputa dos lugares do pódio do Campeonato Africano Individual da Zona 4.3, que encerra hoje, às 10h00, no Hotel Safari de Windhoek, na Namíbia. O Mestre Internacional (MI) Amorim Agnelo e Luciano Oliveira esgotaram nas duas anteriores jornadas todas as hipóteses de alcançarem as três melhores posições da prova masculina.

A vitória do Amorim Agnelo diante do Candidato a Mestre (CM) Barileng Gaealafshwe e o empate do Luciano Oliveira diante de James Dimba não produziram efeitos nos objectivos da campanha. As partidas foram pontuáveis para a penúltima e oitava jornada. Agora, a luta dos angolanos está virada para a consolação e conservarem o quinto e o sexto lugar na tabela final.

Na oitava jornada, disputada ontem, o Mestre Fide (MF) Donovan Van Den Heever derrotou Cambando José, o CM Kelvin Chumfwa venceu o CM Gumpo Thabo, o MF Deon Solomons venceu o CM Charles Eichab e João Júlio ganhou a Rex Oberholzer. Noutras partidas, o MF Cristiano Aguiar derrotou Goodwill Khoa, o CM Olebile Thato obteve a vitória por falta de comparência do MF Leonhard Mueller e pela mesma via o MF Viagei Alice Mateus conseguiu a vitória sobre Hatwiikulipi Shidolo.A nona ronda do Zonal 4.3 disputa-se hoje, às 10h00, no Hotel Safari de Windhoek.

O MF Donovan Van Den Heever joga com o CM Thato Olebile, CM Kelvin Chumfwa defronta o MF Deon Solomons, Luciano Oliveira enfrenta o CM Thabo Gumpo, James Dimbamede defronta Cambando José, o CM Charles Eichab joga com o MI Amorim Agnelo, Mclean Handjaba enfrenta MF Viagei Alice Mateus, MF Leonhard Mueller joga com MF Cristiano Aguiar, CM Barileng Gaealafshwe enfrenta Rex Oberholzer, João Júlio defronta Goodwill Khoa e Hatwiikulipi Shidolo Simon encerra a competição diante do CM Chiletso Chipanga.

Na classificação geral, o MF Donovan Van Den Heever mantém a liderança do Zonal 4.3 com seis pontos e necessita apenas de meio ponto para arrebatar o título. A seguir estão, CM Kelvin Chumfwa (5,5), CM Thato Olebile (cinco), James Dimba (cinco), MI Amorim Agnelo (cinco), Luciano Oliveira (cinco), Cambando José (4,5), CM Thabo Gumpo (4,5), MF Deon Solomons (4,5), João Júlio (quatro), MF Cristiano Aguiar (quatro), CM Barileng Gaealafshwe (quatro), MF Viagei Alice Mateus (quatro), Mclean Handjaba (quatro) e CM Chiletso Chipanga (3,5).  

FEMININO
MI Esperança Caxita joga consolação

A Mestre Internacional (MI) Esperança Caxita despede-se hoje, às 10h00, no Hotel Safari de Windhoek, na Namíbia, do Campeonato Africano Individual da Zona 4.3 com 4,5 pontos no sétimo lugar. A grande expoente do xadrez nacional termina o percurso diante da MF Thapelo Francis, com 1776 pontos no rating mundial.

Com meio ponto de diferença, a MI Esperança Caxita disputa a partida com dose de favoritismo diante da MF Thapelo Francis, que tem quatro pontos. Seja qual for o resultado, a classificação das duas atletas não vai sofrer alteração. Noutras partidas, Toshi Haufiku disputa a última partida diante da MI Denise, a CM Michelle Fisher joga com a MF Kgalalelo Botlhole, a CM Onkemetse Francis enfrenta Jolly Nepando, Magdalena Valombola joga com a MF Sune du Toit, Maria Domingos defronta Ana Malenda.

Ontem, para a oitava jornada, a MI Denise Frick derrotou Jolly Nepando, MF Sune du Toit venceu a MI Esperança Caxita, CM Onkemetse Francis derrotou a Delfina João, MF Kgalalelo Botlhole ganhou a Magdalena Valombola, CM Michelle Fisher venceu Rauha Shipindo, Maria Domingos derrotou Kamutuua Tjatindi e Toshi Haufiku venceu Ana Malenda.

À entrada da nona jornada, a MI Denise Frick lidera a classificação com 7,5 pontos seguida da CM Onkemetse Francis (5,5), MF Kgalalelo Botlhole (5,5), MF Sune du Toit (cinco), CM Michelle Fisher (cinco), Maria Domingos (4,5), MI Esperança Caxita (4,5), Delfina João (quatro), MF Thapelo Francis (quatro) e Jolly Nepando (quatro).
ÁLVARO ALEXANDRE