Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Angolanos e portugueses ajuzam africano

Silva Cacuti - 04 de Março, 2019

Seleco Nacional prepara com cuidados a participao no Campeonato Africano

Fotografia: Vigas da Purificao

A primeira edição do Campeonato Africano das Nações de hóquei em patins, que o país vai acolher de 8 a 10 do corrente, tem arbitragem exclusiva de Angola e Portugal, segundo garantias dadas por Pedro Azevedo, vice-presidente da Federação Angolana de Patinagem (FAP). Sem avançar nomes, o responsável disse que se deslocam  a Angola três árbitros portugueses, que se vão juntar a outros tantos angolanos.
Pedro Azevedo não abordou, sobre quem recaía a responsabilidade na escolha dos juízes, mas assegurou que vão estar no país, por altura da disputa do campeonato, o presidente da Confederação Africana de Desportos sobre Patins (WSAfrica), o  beninense Nathanel Koti; o secretário-geral da WSAfrica, Julien Konan, da Costa do Marfim e o representante da World Skating Roller Hókey (WSRH), Oriol Marti, de Espanha, entidades que vão caucionar a regularidade da prova.
Com relação à chegada das equipas participantes, o responsável anunciou a de Moçambique, na quarta-feira,  do Egipto, na quinta-feira. Pedro Azevedo descartou a África do Sul, uma vez que não confirmou a sua participação na competição.
O Campeonato Africano que se vai disputar pela primeira vez,  conta com as presenças de Angola, Moçambique e Egipto, e é a única etapa de apuramento para os jogos mundiais da patinagem, que este ano estão previstos para Barcelona, Espanha, de  7 a 14 de Julho.
O primeiro classificado, tem apuramento directo para a elite do mundial, em que apenas falta conhecer o representante africano. Já estão apurados a Espanha, Portugal, Itália, França, pela Europa, e pelo continente americano, a Argentina, Chile e Colômbia.

MOÇAMBIQUE  AVISTA
TIMONEIRO EM ANGOLA

O primeiro contacto, entre o treinador português Pedro Nunes, cujo contrato foi rubricado há poucos dias e a selecção moçambicana, está marcado para o dia 6 do corrente, quando a equipa de Moçambique desembarcar em Luanda, para disputar o cobiçado passe  para a elite mundial, durante o campeonato africano que Angola acolhe de 8 a 10 de Março. O treinador,  ofereceu a Moçambique o inédito quarto lugar, na época dos campeonatos mundiais, em 2011, na Argentina, sai de Lisboa para Luanda e os \"mambas\" têm a chegada prevista para quarta-feira, encontram - se na capital angolana.
Trata-se de uma continuidade, de um treinador que desde 2011, pode dizer-se, assume compromisso com o seu país, sem nunca cortar os laços com Moçambique.
A equipa do Índico, prepara-se desde 19 de Fevereiro e cumpriu quase toda a preparação,  sob a batuta de Pedro Tivane, adjunto do português. Os \"guerreiros\", como são tratados, vêm com objectivo de disputar com Angola a vaga para a elite do mundial.
Além dos atletas, que actuam em Moçambique, em Luanda, Pedro Nunes conta também com outros que actuam na Europa, nomeadamente, Carlos Silva (Basileia da Suíça), Marinho, do RAC da Itália; enquanto de Portugal, vêm Bruno Pinto (HC Braga), Nuno Araújo (AD Valongo) e Filipe Nabais (Sesimbra).
A equipa moçambicana chega um dia antes dos egípcios que chegam na quinta-feira.