Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Angolanos entram em aco

Rosa Panzo - 04 de Maio, 2016

Mrcio Sequeira e Morais Abreu terminaram ontem em Tunes as sesses de adaptao ao campo do torneio qualificativo aos primeiros Jogos a decorrer no continente sul-americano

Fotografia: kindala Manuel

A festa de voleibol de praia africana começa hoje na cidade de Tunes, capital da Tunísia, com olhos postos na prestação da selecção de Angola, medalha de ouro, na primeira fase da Continental Cup, prova qualificativa aos Jogos Olímpicos de Rio de Janeiro'2016. Inserido na série B, designado de "grupo de morte", a equipa de Morais Abreu é o principal alvo a abater pelas selecções de Ghana, Marrocos, Egipto, Burundi e Moçambique.

Ciente das responsabilidades para obter o acesso ao Rio'2016, as duplas constituídas por Éden Sequeira-Edgar Figueiredo e Márcio Sequeira-Morais Abreu estão preparadas para voltar a evidenciar o melhor de voleibol angolano. Tal como foi nos Jogos Africanos, esperam derrotar as selecções de Marrocos, Ghana e Moçambique.

Os experts da modalidade em Angola apontam a vitória do país na jornada inaugural. O secretário geral da Federação Angolana de Voleibol, José Monteiro, defende que as duplas nacionais estão prontas para defrontar qualquer selecção e o segredo para atingir a vitória "é a concentração".
"Todas as equipas do grupo B são as mais fortes de África. Portanto, vem o que vier, não vai ser um empecilho para os nossos rapazes; a concentração pode ultrapassar todas as barreiras", disse.

Custódio Ramalho, ex-praticante e presidente cessante da Associação de voleibol de Luanda, corrobora  do  mesmo diapasão. Para si, "os atletas angolanos conhecem bem os adversários e para ultrapassar as dificuldades é necessário muita concentração".A título de exemplo, Ramalho sustenta que a selecção de Moçambique não constitui empecilho para Angola, tendo em conta o histórico das duas selecções. A selecção do Indico "nunca levou vantagem sobre a do Atlântico, logo não é pedra no sapato". Na final dos Jogos Africanos de 2015, disputado em Brazzaville, República de Congo, Angola bateu Moçambique.

Quanto aos egípcios, Ramalho salientou que a selecção das terras de Faraó pode ser um obstáculo para os angolanos. O dirigente justifica que os faraónicos perderam diante dos angolanos a medalha de ouro na primeira fase do Continental Cup disputado no Cairo. O jogo contra Angola pode ser visto como "o de desforra".Angola busca o passe para a segunda presença nos Jogos Olímpicos. A estreia da selecção nacional de voleibol de praia ocorreu em Beijing'2008, China, com a dupla Morais Abreu-Emanuel Fernandes "Manucho". Na primeira jornada do torneio, perderam diante de uma dupla brasileira, na época, a melhor do mundo.