Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Angolanos fazem estgios em Portugal

Rosa Napoleo - 10 de Agosto, 2019

Fotografia: Jos Soares | Edies Novembro

Aproveitar o máximo de treinos em Portugal para um resultado satisfatório nos Jogos Africanos de Marrocos é o objectivo da Selecção Nacional de ginástica artística que se encontra naquele país europeu.Depois de algumas semanas no Centro de Treinos Especial de Malanje, o conjunto composto por 12 ginastas com a missão de representar o país nos Africanos de Rabat, de 19 a 30 do corrente ambiciona a obtenção de medalhas e pontos qualificativos para os Jogos Olímpicos de Tóquio '2020.

O técnico, Agostinho Sungo, responsável pela preparação do grupo, disse em declarações ao Jornal dos Desportos que os ginastas da artística estão capacitados para conquistarem medalhas.

"Trabalhámos em Malanje e,  agora, estamos em Portugal. O grupo está expectante e acredita em resultado dignificantes para Angola nos Jogos Africanos. O estágio vai ajudar-nos a aperfeiçoar as técnicas de aparelhos que não possuímos em Angola como o fosso, a argola, barra fixa, nas paralelas assimétricas e nos materiais de apoio para exercícios de alto risco", disse.

Horácio Pita Grós, Xavier Bernardo, Domingos Muatchicumba, Refene Magalhães, Alexandre Simão, Pedro Sacupuepue e Evaristo Tchikungu preenchem a lista masculina. Samba Mahula, Clidinádia António, Julmira Segunda, Angelina Elias e Massiji Canhango compõem a selecção de artística.Agostinho Sungo lida com a classe feminina e é auxiliado pelo técnico Cláudio da Costa que assume a orientação do conjunto masculino.O último feito histórico da modalidade aconteceu no ano passado. A Selecção Nacional conquistou um total de 60 medalhas, no Campeonato Africano que decorreu no Egipto.