Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Angolanos fazem estreia nos jogos da SADC em Dezembro

Gaudncio Hamelay - Lubango - 27 de Agosto, 2018

Qualidade competitiva dos jovens agrada a direco tcnica da FAVB

Fotografia: Mota Ambrsio|Edies Novembro

Angola estreia-se nos Jogos da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), nos escalões de Sub-19 masculino e Sub-18 feminino, em Dezembro, no Botswana. As duas selecções nacionais de voleibol de sala têm como objectivo fazer o melhor para o país. O anúncio é do presidente da Federação Angolana de Voleibol, Valentim Domingos.
O ensaio das pré-selecções formadas por atletas de Luanda e do Namibe aconteceu aquando da realização dos campeonatos nacionais de juvenis e de juniores. Nos próximos dias, a direcção técnica vai apresentar a lista definitiva dos pré-seleccionados. Valentim Domingos revelou que os atletas de distintas províncias constam do grupo a ser convocado para dar início aos trabalhos de preparação.
\"Fomos seleccionados para competir no voleibol de sala dos Jogos da SADC. Vamos com uma selecção feminina e outra masculina. Vamos dar o nosso melhor. Não temos experiência internacional, porque éramos evitados nos eventos anteriores\", disse.
Com a escolha, Valentim Domingos disse que \"é uma oportunidade para os atletas desses escalões se lançarem na arena internacional\". A FAVB pretende dar a melhorar preparação para que os resultados não sejam desastrosos.
\"Depende de jogos\", realçou.
O 1º de Agosto e o Petro de Luanda aparecem na \"pole position\" de fornecimento de atletas. Clubes do Namibe são outras fontes de escolha.
 
VOLEIBOL DE PRAIA
Duas duplas masculinas e igual número em feminino representam o país, em Novembro, na cidade sul-africana de Durban, no zonal de apuramento para os Jogos Africanos de 2019. O director técnico da FAVB, Morais Abreu, assegurou que os atletas seleccionados vão beneficiar de uma preparação especial para obterem bons resultados.
\"A pré-selecção vai trabalhar nas províncias. Há semanas para juntar os atletas com vista a afinação de diagramas. Nas últimas semanas, vamos escolher as duplas\", esclareceu.
Morais Abreu mostrou-se regozijado com a evolução dos jovens e incentiva-os a continuar.
\"Que continuem assim. Sou uma fonte de inspiração para eles. Quando jogam contra mim, sempre querem levar a vitória para casa. O sentimento de ganhar ao dinossauro galvaniza-os bastante\", disse.
Morais de Abreu aconselha os jovens a contar com ele a todo o momento.
\"Estou aqui, como mais velho, que usa uma estratégia de experiência. Joguem com olhos abertos e desenvolvam a vossa maturidade desportiva para que cheguem lá (no topo)\", disse.