Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Angolanos preparam meias-finais da taça

Silva Cacuti - 09 de Outubro, 2013

Equipas cumprem hoje dia de descanso na cidade marroquina de Marrakesh e projectam os jogos de amanhã nos quartos-de-final

Fotografia: Jornal dos Desportos

As equipas angolanas envolvidas na disputa da 35ª edição da Taça dos Clubes Campeões têm hoje o dia de pausa geral para limar arestas tendo em conta os quartos-de-final da prova que se disputa desde 3 do corrente em Marrakesh, Marrocos.

Cumprida a primeira fase, o 1º de Agosto, campeão nacional, liderou invicto o grupo B e foi secundado pelo Progresso do Sambizanga, Fap dos Camarões e Desportivo de Maputo.
O Petro de Luanda, campeão africano em título, jogou no grupo A, no qual venceu todos os jogos e foi seguido pelo Inter Clube do Congo, África Sport da Costa do Marfim, Stand Mandgi do Gabão e Nairobi Waters do Quénia.

As quatro melhores equipas de cada grupo da primeira fase jogam amanhã os quartos-de-final e, por isso, apenas a equipa do Nairobi Waters foi afastada desta fase.

O primeiro classificado defronta o quarto de outro grupo, ao passo que o segundo joga com o terceiro classificado. Entre as equipas angolanas, o Progresso do Sambizanga é a que tem o adversário mais difícil já que defronta o Africa Sport da Costa do Marfim, equipa que, na primeira fase, perdeu por 23-35 com o Petro de Luanda.

As equipas angolanas são favoritas à passagem para a meia-final. Apesar de ter oferecido alguma resistência ao Petro de Luanda, a equipa marfinense está ao alcance do Progresso do Sambizanga, que tem estado bem neste campeonato e que, à entrada dos quartos-de-final, apenas perdeu com o 1º de Agosto, 29-33.

Quanto às campeãs e vice-campeãs nacionais pode-se dizer que não têm obstáculos para chegar à meia-final, a julgar pelo emparceiramento que as coloca diante de opositores que não mostraram força para contrapor.

O Desportivo ABC de Cabo Verde perdeu na primeira fase da prova com o 1º de Agosto por 48-18 e não se pode arrogar a eliminar o Petro de Luanda, detentor do título, nesta fase. O mesmo se diz do Stade Mandji do Gabão que, ontem, no encerramento do grupo A, perdeu com o Petro de Luanda.

No jogo dos quartos-de-final em que os angolanos não estão presentes, o Fap dos Camarões defronta o Inter Club do Congo, em que as congolesas são favoritas.