Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Árbitros recebem insígnias

Melo Clemente - 05 de Novembro, 2014

Dupla de árbitros angolanos ascende à categoria internacional depois de frequentar curso em Lomé capital do Togo

Fotografia: Jornal dos Desportos

A dupla de arbitragem angolana,  Hélvio Gomes e Pedro Pinto, vai receber as insígnias da Confederação Africana de Andebol (Cahb) na sexta-feira, à margem da disputa da Taça de Angola, assegurou Pedro Godinho, presidente de direcção da Federação Angolana de Andebol (Faand).  A dupla ascendeu à categoria internacional depois de ter frequentado com êxito o curso de formação e passagem de categoria da Cahb, realizado em Lomé, Togo, de 10 a 17 de Agosto do corrente ano.

Angola passa a contar com a dupla de categoria continental, já que a outra que se propôs, Escurinho António (luandense) e Tomás Chitangui (benguelense), não teve êxito, por dificuldades relacionadas com o domínio da língua francesa. As insígnias e diplomas da Cahb vão ser entregues no final dos jogos da final da Taça de Angola que vai opor, em feminino, as equipas do Petro de Luanda e do 1º de Agosto e  em masculino jogam a final as equipas do Petro de Luanda e do Interclube.

PROTOCOLO  PRÉ-OLÍMPICO
APRESENTADO ÀS AUTORIDADES


As autoridades angolanas já têm contacto com o caderno de encargos do torneio pré-olímpico enviado pela Confederação Africana de Andebol (Cahb), para o torneio pré-olímpico feminino, que Angola vai acolher de 16 a 22 de Março. O “pré-olímpico” masculino vai ser jogado no Egipto. De acordo com Pedro Godinho, presidente da Federação Angolana de Andebol (Faand), o seu elenco apresentou o referido caderno de encargos ao secretário de Estado para o Desporto, Albino da Conceição, em conferência de imprensa realizada a 31 de Outubro.

Questionado sobre os aspectos organizativos, o responsável federativo disse tratar-se de uma prova com apenas quatro equipas e por isso, a Faand sugeriu ao Ministério da Juventude e Desportos que a comissão organizadora do último campeonato nacional esteja à frente da prova. O torneio pré-olímpico vai apurar o representante do continente africano nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016 e vai ter  a participação das quatro primeiras selecções do último campeonato africano disputado na Argélia, ou seja Tunísia, RDC, Angola e Argélia.

O andebol feminino angolano vai estar na sua sexta presença consecutiva em jogos olímpicos.  Na estreia, em Atlanta (1996), Angola conseguiu o sétimo lugar, a melhor classificação até agora. Seguiram-se dois nonos lugares, em 2000 e 2004 e um 12º posto em 2008. Nos Jogos Olímpicos de Londres, 2012, sob orientação de Vivaldo Eduardo, o andebol angolano quedou-se na décima posição.

De realçar que devido  o torneio pré olímpico, a Selecção Nacional concentra-se no próximo dia dez para o segundo ciclo preparatório, às ordens de João Florêncio. A equipa vai cumprir  um curto estágio em Portugal, durante o qual vai efectuar amistosos com a congénere local e com a equipa espanhola do Guardés.