Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Arena do Namibe é motivo de orgulho

Manuel de Sousa, no Namibe - 10 de Maio, 2013

Arena do Namibe ganha corpo final e os trabalhos entram na recta final

Fotografia: Jornal dos Desportos

Máquinas e homens trabalham de forma ininterrupta para terminar as obras antes dos prazos previstos. A empresa encarregada das obras trabalha na pavimentação do solo, criação de várias vertentes de acesso à Arena e no alargamento das vias que vão permitir a fluidez do trânsito. A cada dia que passa, a zona torna-se num pólo de atracções e a ansiedade da realização do Campeonato do Mundo toma conta de cada turista ou residente local.

Manuel Alberto vive próximo da Arena e diz que, com a reabilitação do trajecto, todos os namibenses vão ganhar. “É um grande ganho para a província, pois a reparação e ampliação desta estrada vai possibilitar o acesso à Arena que vai acolher os jogos do Mundial de hóquei em patins. Por outro lado, os automobilistas vão conservar melhor os seus meios”, disse.

A tubagem para o abastecimento de água à Arena já é uma realidade, bem como a extensão da corrente eléctrica. O director da obra, André Costa, disse ao Jornal dos Desportos que essas condições viabilizam os trabalhos e reacendem o desejo de entregar a obra antes do prazo previsto. “Internamente, concluímos a colocação da estrutura metálica. Agora, trabalhamos nos acabamentos das cabines com a colocação de azulejos e outros matérias de revestimento externo”, disse.
Questionado para quando a aplicação do piso, André Costa assegurou que só será feito no fim da obra, porquanto existem máquinas a trabalhar no centro do empreendimento.


FISCALIZAÇÃO
Comissão local acompanha obras

A comissão provincial preparatória do Campeonato do Mundo de hóquei em patins no Namibe acompanha os trabalhos de construção do pavilhão, visando conferir maior responsabilidade ao empreiteiro. Os responsáveis da comissão visitaram as obras de construção da Arena, para constatação o seu andamento. A imagem de obra acabada, devido ao revestimento externo colorido, atraiu a delegação.  A Arena apresenta uma imagem convidativa, o que a torna na jóia mais nova da província. Os jovens locais orgulham-se por estar engajados na construção de um dos pavilhões que vai acolher o primeiro campeonato do mundo em África.

Face à grandeza do evento desportivo e a responsabilidade do Governo da província, o director da obra, André Costa, garantiu que o trabalho realizado está na ordem dos 90 por cento. Nos próximos dias, vão entrar na fase de conclusão dos trabalhos de revestimento dos tectos, colocação do piso, equipamentos de frio, elevador e outros, que vão oferecer comodidade aos atletas, dirigentes e público.Manuel de Sousa