Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Arrivabene evita comparações

22 de Setembro, 2015

Chefe da Ferrari disse que Vettel teve um desempenho forte no circuito de Marina Bay

Fotografia: DR

O chefe da Ferrari, Maurizio Arrivabene, esclareceu que não houve qualquer problema com o carro de Kimi Raikkonen durante o Grande Prémio de Singapura, apesar das muitas queixas do piloto.  Embora tenha sido o terceiro classificado, o finlandês reclamou do rendimento da sua SF15-T e disse que sofreu com o desgaste excessivo dos pneus. Por outro lado, o colega Sebastian Vettel conquistou a vitória em Marina Bay, a terceira da equipa italiana em 2015.

Ao comentar as declarações de Raikkonen, Arrivabene brincou: "Kimi está sempre a reclamar. Não havia problema. São apenas comentários normais, quando os estão a tentar ajustar o carro. A diferença é que Sebastian é calmo e Kimi está a gritar. Nada especial", explicou o dirigente. Questionado sobre a grande diferença de performance entre os dois pilotos num fim de semana em que a Ferrari foi a equipa mais competitiva da grelha, Arrivabene recusou-se a fazer qualquer tipo de comparação entre ambos.

"Em Monza, Kimi foi muito, muito forte. E aqui foi Vettel. Sebastian simplesmente ama essa pista e sempre teve um desempenho forte aqui.Particularmente, não quero fazer comparações entre os nossos pilotos. Os dois foram ao pódio, e isso, para mim, já é o suficiente", completou o italiano. Com a vitória, Vettel aproximou-se do vice-líder do Mundial, Nico Rosberg, e agora está a apenas oito pontos do rival. Raikkonen, por sua vez, pulou para o quarto posto.