Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Associados aprovam regulamento

Helder Jeremias - 27 de Fevereiro, 2017

Pilotos estão animados com a realização do primeiro campeonato nacional

Fotografia: Jornal dos Desportos

Os dirigentes e pilotos nacionais mostraram-se satisfeitos com os principais traços do regulamento competitivo para a época 2017 apresentado, sábado último, durante a reunião técnica promovida pela direcção da Associação Provincial de Motocross de Luanda. O campeonato provincial tem o arranque previsto para o dia 15 de Março no circuito Jorge Varela.

O encontro de associados, dirigido pelo presidente da Associação, Carlos Soweto, e coadjuvado pelo vice-presidente, Jandir Talaia, foi \"muito produtivo\". As preocupações ficaram esclarecidas, em particular, sobre o lançamento da primeira edição do Campeonato Angolano de Motocross, sob a égide da Federação Angolana de Desportos Motorizados.

Em declarações ao Jornal dos Desportos, Carlos Soweto não avançou os pormenores técnicos do novo regulamento que passa a nortear o espectáculo sobre rodas. Cingiu-se em afirmar que os seus fundamentos visam a criação de uma ambiente de trabalho mais saudável, em que os interesses da classe estão salvaguardados com base no cumprimento escrupulosos dos seus pressupostos.

Carlos Soweto informou que a Associação de Luanda está aberta às iniciativas que possam, na eventualidade, ser apresentadas por pilotos ou agentes desportivos. Antes da abertura da época, vão ser realizadas outras reuniões técnicas. Advertiu que as equipas interessadas em se inserir na competição devem actuar em conformidade com o regulamento.

O ex-campeão provincial exteriorizou o optimismo quanto a boa desenvoltura do Campeonato Nacional de Motocross, em função dos contactos entabulados com a direcção da Federação Angolana dos Desportos Motorizados, dirigida por Ramiro Barreira.

O vice-presidente para o Motocross da FADM, Orlando Almeida, na qualidade de veterano do motocross, está a trabalhar com grande afinco na criação de condições para que a primeira época do Campeonato Nacional seja um sucesso. Almeida agendou deslocações para as províncias que vão acolher as cinco ou quatro provas programadas no calendário, acompanhado de especialistas da Associação Provincial de Luanda para, junto das autoridades, criarem as condições.

\"Estou muito satisfeito pelos avanços que a Associação e a Federação têm estado a preparar para o arranque do Campeonato Nacional, numa altura em que aprovamos o regulamento do campeonato provincial. Tudo indica que não vamos ter grandes percalços, quer em termos administrativos, quer técnico\", perspectivou Carlos Soweto.