Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Associados aprovam relatório e contas

20 de Novembro, 2016

Contas do elenco de Paulo Alexandre Madeira foram aprovadosontem por unanimidade durante a Assembleia-Geral Ordinária

Fotografia: João Gomes

 Durante a assembleia-geral do órgão reitor que tutela a disciplina no país, actividade que decorreu numa das salas de reuniões da FAB, sita no Complexo da Cidadela Desportiva, em Luanda.

Depois da aprovação da acta da assembleia-geral anterior e do relatório de actividades e contas, os associados analisaram ainda o relatório de auditoria independente efectuada às contas da direcção da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), culminado com a confirmação da população votante para o processo de renovação de mandatos, para o quadriénio 2016/2020.A reunião magna da FAB aprovou o calendário eleitoral bem como a comissão eleitoral nacional.

Deste modo, o sufrágio para a eleição dos novos corpos gerentes da Federação Angolana de Basquetebol (FAB) vai acontecer a 22 de Dezembro próximo, sendo que a tomada de posse será realizada a 31 do mesmo mês.

Carlos Manuel Neves da Cunha, na qualidade de presidente da Mesa da Assembleia-Geral, enalteceu a forma cordial como decorreu a reunião magna do órgão reitor da modalidade, que contou com a participação de 17 representantes, entre clubes e associações.

"Foi um encontro bastante participativo, nós tivemos aqui hoje (ontem) uma presença massiva dos nossos associados. Portanto, acabamos por cumpri na integra a agenda de trabalho, sobretudo a apresentação das contas que foram auditadas pela Deloitt, uma exigência da assembleia passada, não houve questão de maior relativamente a este ponto. Também foi aprovado o relatório de actividades e contas de Janeiro a Agosto do ano em curso, acabamos também por confirmar a população votante para a renovação de mandato para o quadriénio 2016/2020 assim como a aprovação do calendário eleitoral", asseverou Carlos Manuel Neves da Cunha.O homem forte da Mesa da Assembleia-Geral da FAB mostrou-se ainda regozijado com as sugestões apresentadas pelos associados, para a melhoria do basquetebol nos próximos quatro anos."Os associados apresentaram ainda as suas sugestões relativamente como deve ser conduzido os destinos da modalidade nos próximos quatros anos. Repito foi um encontro muito proveitoso, ouvimos muitas novidades, e obviamente na qualidade de presidente da mesa da assembleia-geral não poderia deixar de estar satisfeito com as resoluções saídas deste encontro", finalizou Carlos Manuel Neves da Cunha.

Por seu turno, Paulo Alexandre Madeira, presidente cessante e candidato ao cadeirão máximo da FAB, afirmou "que cessa o seu mandato com o sentimento do dever cumprido".

"Nós em 2012 apostamos em dez grandes linhas daquilo que era a nossa actividade, e acho que felizmente cumprimos, embora, não na totalidade.

Hoje (ontem), é o principio do fim,  porque devemos ter o processo concluído até ao final do ano, estaremos ainda aqui a praticar digamos actos de gestão corrente mas, estamos extremamente satisfeitos e assembleia-geral de hoje (ontem) foi gratificante, porque tivemos uma discussão aberta e saio daqui mais crescido", reconheceu o presidente cessante da FAB.